quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Senador Garibaldi Alves é hospitalizado e se submeterá a cirurgia

O senador Garibaldi Alves, pai do ministro Garibaldi Filho, da Previdência Social, está em São Paulo, no Hospital Sírio Libanês.

Realiza exames preliminares para uma cirurgia cardíaca.

Médicos que atendem ao senador diagnosticaram, após ele ter reclamado de incômodos no peito, a necessidade de retirar o stent instalado em um dos vasos sanguíneos que abastece o coração, substituindo-o por uma ponte safena e mamária.

De acordo com a equipe médica, o procedimento cirúrgico é relativamente simples e os riscos para o paciente são mínimos.

Fonte:  www.tribunadonorte.com.br

Começa montagem de passagem de nível no Complexo Viário da Abolição


Os serviços do Complexo Viário da Abolição avançam.

No trevo da BR-304 com a BR-405, saída de Mossoró para Apodi, começou nesta quarta-feira, 30, a instalação da passagem de nível.

Confira mais detalhes no jornal CORREIO DA TARDE, versão impressa e a partir das 18h, no site:  www.correiodatarde.com.br.


Quais são as encomendas de Dilma para Larissa?


“Diga a Larissa que eu mando pra ela as minhas encomendas”.

Esta teria sido o recado que a presidente da República, Dilma Rousseff, teria mandado pela deputada federal Sandra Rosado, durante a solenidade de lançamento do novo Aeroporto de São Gonçalo, ocorrida na terça-feira, 29.

A frase está postada no twitter da deputada Sandra e repercutida pelo vereador Layre Rosado – filho de Sandra e irmã de Larissa.

A partir de sua postagem, internautas começaram a questionar quais são as encomendas que a presidente Dilma tem para encaminhar para Larissa.

O fato chama a atenção, diante das personalidades envolvidas.

Dilma Rousseff é, simplesmente, presidente da República.

Já Larissa Rosado, é pré-candidata a prefeito de Mossoró.

Com a palavra, as personagens envolvidas:  Sandra, Larissa e Dilma.



Fafá Rosado anuncia inauguração da UPA do BH e confirma UPA no Abolição


A prefeita Fafá Rosado irá inaugurar à nova UPA do bairro Belo Horizonte no início do próximo ano.

E, durante a solenidade de entrega, lançará o projeto de construção de uma nova UPA na área dos conjuntos Abolição I, II, III e IV e adjacências.

A revelação foi feita por Fafá Rosado, em entrevista a este blogueiro, hoje, pela manhã, na Rádio Difusora de Mossoró – www.correiodatarde.com.br.

Fafá afirmou que ainda não marcou a data de entrega da UPA do BH, apenas por estar esperando a liberação dos equipamentos que foram prometidos pelo ministro da Saúde.

“Mas se até o início do próximo ano o Governo Federal não liberar, a Prefeitura de Mossoró comprar os equipamentos com recursos próprios e inaugurar a UPA”, assegurou.

Fafá Rosado comemora aprovação popular


A prefeita Fafá Rosado comemora os altos índices de aprovação popular.

Em entrevista a este blogueiro, hoje, na Rádio Difusora de Mossoró – www.difusoramossoro.com.br ela anunciou que além da Praça Bento Praxedes, que vai inaugurar sexta-feira, tem obras para entregar.

Este é um dos destaques da coluna Carlos Skarlack, do jornal CORREIO DA TARDE de hoje, que estará disponível também, a partir das 18h, no site:  www.correiodatarde.com.br.

Crise na Dix-sept Rosado atinge candidatura de Larissa


A crise enfrentada pela Casa de Saúde Dix-sept Rosado atinge frontalmente a candidatura da deputada estadual Larissa Rosado.

O problema é agravado pelo indicativo de greve dos funcionários do estabelecimento, previsto para segunda-feira.

Este é um dos destaques do jornal CORREIO DA TARDE, nas bancas a partir das 15h e a partir das 18h, no site:  www.correiodatarde.com.br.


Herval Sampaio nega novo pedido de Habeas Corpus de João Faustino


O Desembargador Herval Sampaio, negou nessa terça-feira, 29, o segundo pedido de Habeas Corpus impetrado em favor do ex-deputado federal João Faustino.

No pedido de habeas corpus, a defesa de João Faustino alegou que a imediata expedição de contramandado de prisão, em caráter liminar, antes mesmo de quaisquer outras diligências processuais, é uma medida necessária para minorar o prejuízo e o constrangimento ilegal já sofrido por ele.

E que caso não concedida liminarmente, como alternativa, João Faustino requereu o deferimento da prisão domiciliar, em virtude da cardiopatia grave que o debilita.

Pleiteou também que seja reconhecida a ilegalidade, a falta de fundamentação ou a desnecessidade de prisão temporária renovada, declarando seu caráter de constrangimento ilegal.

Porém o desembargador Herval Sampaio negou os pedidos e ressaltou em sua decisão a importância da renovação da prisão temporária para que não haja prejuízo as provas que foram coletadas que podem instruir um futuro processo penal.
Quanto ao pedido da concessão da prisão domiciliar pelo motivo da cardiopatia grave, o desembargador afirmou compreende a dificiu situação de saúde do ex-deputado federal, mas que não poderia conceder baseado apenas neste argumento.

O desembargador ainda solicitou informações ao Ministério Público, que deverão ser prestadas no prazo de 24 horas, para fins de deliberação do processo como um todo e dos outros habeas corpus que podem ser distribuídos para o mesmo relator.

Fonte:  Nominuto.com

“Mossoró Mais Verde” será lançado sexta, 2

O Programa Mossoró Mais Verde será lançado oficialmente pela prefeita Fafá Rosado nesta sexta-feira (02/12) pela prefeita Fafá Rosado durante a cerimônia de inauguração da reconstrução da Praça Bento Praxedes (Praça do Codó). O programa foi instituído pela lei 2570 de 14 de dezembro de 2009 e regulamentado pelo decreto 3.569.

De acordo com a lei, entidades da sociedade civil, empresas, órgãos e demais entidades de direito público e privado poderão recuperar e manter áreas verdes públicas previamente definidas. A praça Bento Praxedes será a primeira área pública a integrar o programa, tendo esta sido adotada pela Proel, empresa executora da obra da nova praça.

A Gerência Executiva da Gestão Ambiental constituirá uma Comissão Gestora do Programa Mossoró Mais Verde, com quatro integrantes, que terá, entre suas incumbências, definir as áreas verdes a serem adotadas. Caberá também ao colegiado a  definição das condições exigidas na escolha das empresas interessas na referida adoção.

Na cerimônia de lançamento do Mossoró Mais Verde na sexta-feira, a prefeita Fafá Rosado assinará o termo de cooperação técnica entre o Governo Municipal e o Centro de Desenvolvimento de Gestão, organização não-governamental que terá a responsabilidade de  executar as ações de manutenção das áreas verdes inseridas no programa ambiental.

O gerente da Gestão Ambiental, Mairton Fran&cced il;a, ainda caberá à ONG capitanear mais empresas interessadas em adotar os espaços públicos, mas com monitoramento da Diretoria de Paisagismo e Arborização Urbana (DEPAU), órgão da GGA. A remuneração pelo serviço À ONG, por sua vez, caberá a empresa que vier a adotar os espaços verdes.

O valor pago à organização poderá ser reduzido pela empresa do seu Imposto de Renda, na categoria lucro presumido, no percentual de 4%, conforme incentivos previstos na Lei Rouanet. Em geral, a lei que instituiu o Programa Mossoró Mais Verde tem o objetivo de apoiar e promover responsabilidade ambiental no município.

As empresas ainda poderão utilizar espaços nas áreas adotadas para a divulgação de suas marcas, a um custo mais em conta do que o valor cobrado no mercado publicitário, al&eacute ;m de praticarem responsabilidade social. Para o município, entre tantos benefícios, o Mossoró Mais Verde permitirá a manutenção dos espaços públicos a custo zero.

Ademais, o município ainda receberá, na ONG responsável pela manutenção dos espaços adotados, 6% do quer for repassado pelas empresas. O termo de permissão, autorizando a adoção das áreas verdes, terá duração de um ano, sendo vedada a transferência para terceiros, podendo este ser rescindindo a bem do interesse público.

Plenário aprova 10 das 42 Emendas ao OGM 2012

A Câmara Municipal de Mossoró realizou nesta terça-feira (29) a primeira votação das emendas ao Orçamento Geral do Município para o exercício 2012, de acordo com o Projeto de Lei nº 1061/2011. Do total de 42 emendas apresentadas pelos vereadores, 30 receberam parecer favorável e 12 foram rejeitadas pela Comissão de Orçamento, Finanças e Contabilidade da Câmara, que teve como relator o vereador José Domingos Gondim (Zé Peixeiro).

A bancada da situação apresentou requerimento para a votação em separado de 20 emendas de autoria dos vereadores da bancada da oposição, que foram todas rejeitadas pelo placar de 7 a 5. As outras 10 emendas foram aprovadas, sendo 5 aditivas e 5 modificativas.

A segunda votação do Orçamento será realizada na próxima quarta-feira (07).

terça-feira, 29 de novembro de 2011

Governadora anuncia melhorias na segurança de Mossoró

O 12° Batalhão da Polícia Militar, em Mossoró, vai receber 10 carros e 20 motos.

Tudo 0km.

O anúncio fo feito hoje, em Natal, pela governadora Rosalba Ciarlini, em solenidade no Quartal da Polícia Militar, ao lado do secretário de Segurança, Aldair Rocha.

Prefeitável em gestação

A governadora Rosalba Ciarlini (DEM) anuncia que ainda não é hora de seu grupo político escolher o candidato a prefeito de Mossoró.

Em entrevista ao Jornal do Dia, da TV Ponta Negra, hoje, ela declarou: 

"Tenho estado tão ocupada com as questões administrativas que não tive tempo para pensar  política. Mas é como um filho, tem a hora de nascer. Ainda não chegou a hora".

Então, é só esperar a hora do parto.

Funcionários da Casa de Saúde Dix-sept anunciam greve para sexta-feira e acabam festa de Larissa Rosado


A deputada estadual Larissa Rosado (PSB), ainda comemora a declaração da presidente Dilma Rousseff, de que virá participar de sua campanha, em 2012, e já tem uma péssima notícia, capaz de tirar seu sono.

É que os funcionários da Casa de Saúde Dix-sept Rosado, da qual foi sua diretora por algum tempo, anunciam greve geral a partir da próxima sexta-feira.

Vivendo uma grave crise financeira há algum tempo, a Casa de Saúde Dix-sept Rosado tem como diretor geral o pai de Larissa, o ex-deputado Laíre Rosado.

Os problemas financeiros enfrentados pela Casa de Saúde Dix-sept Rosado, acabam se transformando em um verdadeiro pesado para Larissa, que terá, durante a próxima campanha eleitoral, que conviver o problema.

Ronaldo Fenômeno será o novo presidente do Comitê Organizador da Copa 2014


O jogador Ronaldo Fenômeno será o novo presidente do Comitê Organizador da Copa do Mundo de 2014 (COL). O Fenômeno aceitou o convite de Ricardo Teixeira na noite de segunda-feira e substituirá o mandatário da CBF no cargo, repetindo os feitos do francês Michel Platini e do alemão Franz Beckenbauer, que comandaram a organização do Mundial em 1998 e 2006.

O ex-camisa 9 se reunirá com Teixeira na quarta para finalizar os detalhes e será anunciado oficialmente na quinta. Uma entrevista coletiva já está sendo marcada em um hotel da Zona Sul do Rio de Janeiro, às 10h (de Natal).
Antes de assumir oficialmente o COL, Ronaldo deverá participar da Soccerex nesta terça. Segundo a assessoria de imprensa do evento, o ex-jogador confirmou presença na convenção sobre futebol que está sendo realizada no Rio de Janeiro. Andrés Sanches, presidente do Corinthians, também estará na feira e dará uma coletiva de imprensa.

Dix-sept Rosado rebate Crispiniano Neto


O médico Dix-sept Rosado Sobrinho, reagiu contra declaração do poeta Crispiniano Neto.

Em entrevista ao CORREIO DA TARDE, publicada sábado e ontem, Crispiniano Neto afirmou que o ditador Kadafi, morto há algumas semanas, teria realizado muito mais pela Líbia que os Rosados por Mossoró.

Confira a declaração de Dix-sept Rosado Sobrinho, na coluna Carlos Skarlack, do CORREIO DA TARDE, edição impressa desta terça-feira, 29, e a partir das 18h, no site:  www.correiodatarde.com.br.


CORREIO DA TARDE destaca informação de Sandra de que Dilma virá para campanha de Larissa


 A declaração da deputada federal Sandra Rosado, segundo a qual, a presidente da República, Dilma Rousseff, teria avisado que viria a Mossoró, participar da campanha de sua filha, deputada estadual Larissa Rosado, a prefeito, é destaque na edição desta terça-feira, 29, do jornal CORREIO DA TARDE.

Confira a repercussão da declaração de Sandra Rosado, na versão impressa, na bancas a partir das 15h e, a partir das 18h, no site:  www.correiodatarde.com.br.



Josivan Barbosa revela que decisão do PT impedirá Dilma de vir apoiar Larissa

A assessoria do reitor da Ufersa, Josivan Barbosa, informou ao jornalista Emerson Linhares, diretor de programação da Rádio Difusora de Mossoró, que existe uma decisão nacional do PT que define três prioridades.
I – Reeleger os prefeitos do PT.
II – Trabalhar para eleger nomes do PT em cidades que já foram governadas pelo partido.
III – Apoiar os nomes de candidatos a prefeito lançados pelo PT em todo Brasil.

Assim sendo, a vinda a Mossoró, da presidente da República, Dilma Rousseff, para participar da campanha da deputada estadual Larissa Rosado, do PSB, estaria descartada.

O pronunciamento da assessoria de Josivan, foi condicionado por declaração da deputada federal Sandra Rosado, de que ontem, Dilma disse a ela, que virá participar da campanha de Larissa Rosado que o nome do PSB para a Prefeitura de Mossoró.

Semi-árido em pauta


Hoje, às 19h, na Ufersa, encontro sobre a Zona Franca do Semi-Árido, que está sendo proposto e que poderá ter uma unidade em Mossoró.

Posse do pastor Marcelo Morais

No dia 16 de dezembro, sexta feira, estará se realizando às 19:30 hs, na ICE Vingt Rosado - Mossoró/RN, o culto de posse no ministério pastoral, do pastor Marcelo Morais.

Ele convida a todos os amigos para o culto que terá louvor e ministração da Palavra de Deus.

Governador Eduardo Campos em Mossoró


“Um novo caminho para nossa cidade”.

Este é o título da palestra que o PSB de Mossoró, irá promover no dia 6 de dezembro.

O palestrante será o governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB).

O evento acontecerá no Garbos Recepções e Eventos, a partir das 19h, conforme a assessoria das deputadas Sandra e Larissa Rosado.

Reencotro de ex-alunos do Colégio Diocesano em Mossoró

Por:  Ricardo Rosado - www.fatorrrh.com.br

Dia 10 de dezembro, um sábado, novo encontro dos ex-alunos do Colégio Diocesano Santa Luzia. de Mossoró.

Desta vez vem ex- aluno que mora há anos nos Estados Unidos.

Segue abaixo os ex-alunos que já confirmaram presenças (com as famílias), segundo garantiram João Marques e Damião Nobre:

01- Adeilton
02- Anchieta Costa Lima 
03- Anibal Mota
04- Arimatéia Caldas
05- Célio Leão
06- Damião Nobre
07- Dr. Vieira 
08- Eduardo Medeiros
09- Flavio Barreto
10- Genário Freire
11- Geraldo Dantas
12- Herbert Vieira
13- Jacinto
14- João Bosco Freire
15- João Marques Neto
16- José Antonio Brasil
17- José Nildo
18- José Wellington
19- José Wilson Freire
20- Marco Célio
21- Milanez
22- Ney Pinto 
23- Patrício Oliveira
24- Pe. Guimarães
25- Raimundo Bezerra
26- Raimundo Oliveira 
27- Ricardo Borges
28- Ricardo Rosado de Holanda
29- Seas
30- Silvio Jr.

Os cinquentões e os sessentões vão cair na esbórnia, sob a severa vigilância de filhos e netos.

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Mossoró regista o homicídio 171


Por:  Ismael Sousa
www.ismaelsousa.hd1.com.br

Mais um homicídio no início dessa tarde em Mossoró. Desta feita, o fato ocorreu no Alto do São Manoel, próximo a favela do Pirrichil.

A vítima foi Saul Costa de Souza, 25 anos.

De acordo com informações de populares, Saul Costa, estava sentado em frente à calçada de sua casa na companhia de um filho menor de idade, quando dois homens em uma motocicleta, ambos de capacete, se aproximaram e efetuaram disparos contra o mesmo, que caiu na calçada.

Uma ambulância do Serviço de Atendimento Médico de Urgência –  SAMU, foi ao local onde prestou os primeiros socorros, e em seguida, o transportou para o Hospital Regional Tarcísio de Vasconcelos Maia.

Saul Costa, foi ferido na região da cabeça e do toráx, e veio a óbito por volta das 16h, na sala de cirurgia do hospital.

O caso será investigado pela DP de Plantão do Alto do São Manoel.

Esse é o terceiro crime de homicídio e o de número 171, registrado em Mossoró somente no ano de 2011.

Juíza prorroga prisão temporária de 12 envolvidos na Operação Sinal Fechado


A juíza da 6ª Vara Criminal, Emanuella Cristina Pereira Fernandes, acatou o pedido do Ministério Público para prorrogar a prisão temporária de 12 pessoas investigadas na Operação Sinal Fechado.

O ex-deputado João Faustino, Carlos Alberto Zafred Marcelino, Carlos Theodorico de Carvalho Bezerra, José Gilmar de Carvalho Lopes, Edson Cézar Cavalcante Silva, Marco Aurélio Doninelli Fernandes, Caio Biagio Zuliani, Jailson Herikson Costa da Silva, Fabiano Lindemberg Santos Romeiro, Marcus Vinícius Saldanha Procópio, Nilton José de Meira e Flávio Ganem Rillo permanecerão presos.

Os investigados deverão permanecer por mais cinco dias sob custódia, quando termina o novo prazo da prisão.

Fonte:  Site do TJ-RN

Parte da Entrevista Especial de Crispiniano Neto ao CORREIO DA TARDE


“Não estou vendo... Se você conseguir ver, me avise”. É assim que o poeta Crispiniano Neto se pronuncia, quando instado a avaliar o governo Rosalba Ciarlini. A respeito da divisão da oposição, ironiza: “podemos dizer que quem está dividida é a oligarquia”. Perguntado se criticara a postura de Isaura Rosado, sua sucessora na Fundação José Augusto, debocha: “Não é bem assim. O que critiquei não foi à postura de Isaura. Foi a sua absoluta falta de postura. E de compostura”. Ao definir a Câmara Municipal, detona: “a Câmara Municipal de Mossoró nunca esteve tão ruim. Com raras exceções, é uma camarilha...”. Sobre afirmações das deputadas Sandra e Larissa, não perdoa: “Larissa diz que conversou, a mãe diz que não conversou. Difícil de entender, né? Melhor desconversar. Confira a segunda parte da Entrevista Especial com Crispiniano Neto, e no site do CORREIO DA TARDE - www.correiodatarde.com.br.


CORREIO DA TARDE –  Poeta Crispiniano Neto, o que impediu de realizar obras como a recuperação do Teatro Lauro Monte Filho, quando esteve no comando da Fundação José Augusto?
Vou repetir o que já falei em outras ocasiões. Encontrei a fundação exaurida. Para se ter uma idéia tinha cerca de 1.200 dívidas sem processo nenhum. Tinha um contrato de terceirização de mão de obra que se eu não tivesse suspendido em comum acordo com a Procuradoria do Trabalho, com o sindicato da categoria e a Procuradoria Geral do Estado, teria dado um escândalo maior que o da Operação Hygia. Grande parte dos problemas que deixei ao sair são o saldo maldito do que encontrei. O Teatro Lauro Monte foi traumático, pois quando tive o dinheiro não dava tempo licitar e a procuradoria não permitiu fazer em caráter emergencial com dispensa de licitação. No ano seguinte, encaminhei várias vezes o pedido de crédito suplementar, que era prometido, mas nunca saia. Foi frustrante. Desejo muito que a nova gestão consiga.

O senhor teria feito críticas à postura de sua sucessora na Fundação José Augusto. O que houve com Isaura Amélia?
Não é bem assim. O que critiquei não foi à postura de Isaura. Foi a sua absoluta falta de postura. E de compostura.

Como está vendo a política cultural do governo Rosalba?
Não estou vendo... Se você conseguir ver, me avise. Se alguma coisa existe está no nível da política de segurança, da de saúde, de educação, do programa do leite. Tudo como no poema de Vinícius: “Sem cor, sem perfume, sem rosa, sem nada...”


Vamos falar de política partidária. Como você entrou para a disputa eleitoral e que contagem faz dos votos que chegou a ter?
Antes de entrar para o PT, nunca perdi uma eleição. Depois que entrei, nunca ganhei uma. Peguei o osso. Meu papel foi o de abrir caminhos, de bater com a cara no arame, de destocar o roçado e plantar. Sou como um provérbio que Rui Maurício repete todos os domingos no programa de Nelson Gonçalves: “Não procure me encontrar na hora da colheita, pois já estarei semeando noutro lugar”. Na última eleição que concorri, a de prefeito em 2004, eu ia ser candidato a vice. O PT foi traído na undécima hora. Eu não podia deixar o partido sem candidato. Perdi até o único emprego que tinha conseguido em toda a minha vida, mas cumpri meu papel.

Se convocado, ainda pode voltar a disputar algum cargo eletivo?
Quem tem no sangue o vírus da política não pode dizer “desta água não beberei”, mas, sinceramente, não está no meu horizonte uma postulação política. Nem mesmo cargo de confiança. Descobri que política é para quem não tem o que fazer ou já está com a vida feita. Não me enquadro em nenhuma das duas possibilidades. Prefiro escrever meus versinhos e publicar meus livrinhos. Quem diabos lembra que Jorge Amado foi deputado federal?

Ficou decepcionado com o Avança Mossoró?
Você há de convir que é muito triste entrar numa frente e ser apunhalado por trás...

O que realmente ocorreu naquele colegiado que muitos apontavam como capaz de confrontar os Rosados?
Nós conseguimos dar um nó na política de Mossoró. Mas a corda era fraca e quebrou-se. Tenho pena de Francisco José que perdeu a única oportunidade de ser prefeito de Mossoró. E enterrou sua carreira política naquele episódio. Enquanto isso, o PT saiu derrotado, mas saiu de cabeça erguida.

É possível desfazer a hegemonia da família Rosado na política de Mossoró?
Possível é. O problema é que as forças alternativas que surgem acabam cedendo aos encantos das promessas e quando chegam lá são devorados. Parece que o PT foi o único que conseguiu sair vivo da caverna de Polifemo. Agora tem que enfrentar a fúria de Poseidon. Mas isso faz parte do jogo para quem não se submete ao jugo.

O senhor é dos que consideram que os Rosados se dividiram para impedir o crescimento da oposição e com isto, continuar mandando na cidade?
Sem dúvidas. Pode ver as eleições majoritárias estaduais de senador em 2006 e de governador em 2010. Mossoró fechou de um lado só. Em 2002 pareciam divididos, com Laíre sendo vice de um lado e Carlos Augusto sendo vice do outro. Na verdade jogaram um duplo. Quem fosse para o segundo turno teria o apoio do primo. Mas deu zebra. Vilma ganhou e os dois ficaram de fora. E logo os dois estavam na base do governo. Em 2010 fui testemunha do esforço para fazer Larissa vice de Iberê. Não teve jeito. A família já estava majoritariamente na majoritária. Foi assim com os Montenegros em Assu, com os Costas, em Caicó, com os Alves em Natal. As brigas são aparentes, quando, no ringue, só há parentes...

Agora mesmo que o município se prepara para mais uma campanha eleitoral, temos a deputada estadual Larissa Rodado, já lançada para prefeito, enquanto o outro lado, liderado pela prefeita Fafá Rosado e a governadora Rosalba Ciarlini devem lançar outro nome. Isso não assegura a continuação da família no poder?
Assim como dizem que a oposição está dividida, podemos dizer que quem está dividida é a oligarquia. O risco que corre o pau corre o machado. Uma eleição só está ganha quando o juiz eleitoral apura as urnas. No mundo árabe rola uma primavera derrubando as oligarquias mais longevas da história. No calor é muito difícil uma “prima vera”. Em compensação, pode não ter prima nenhuma...

Alguns setores estão acusando que o PT estaria ajudando aos Rosados, quando lança nome próprio para a Prefeitura. O que você acha?
Acho que o PT ajudou os Rosados na eleição passada, quando, em nome de uma aliança nacional e estadual e passando por cima de todas as idiossincrasias locais, se compôs em torno da candidatura Larissa. O grupo dela acha que não valeu à pena; a militância do PT acha a mesma coisa. Então, agora vamos de Patativa do Assaré: “Cante lá que eu canto cá”. Não se pode confundir “A união faz a força” com “A união se faz à força”.

A deputada estadual Larissa Rosado, depois de uma entrevista sua na Rádio Difusora, afirmou que o PT foi o primeiro partido procurado por ela e seu grupo. O que houve?
Nós queríamos conversar com o grupo quando Iberê precisava de um vice. Ninguém quis nos ouvir. Queríamos conversar quando a coligação liderada pelo partido da deputada lançou a chapa Hugo e Wilma para o Senado. Além de não sermos ouvidos tivemos que ouvir e ver coisas que não condiziam com uma parceria. Ajudamos a eleger um vereador do grupo familiar e nunca fomos ouvidos sobre os rumos deste mandato. Então, o PT foi concluindo que não devia ficar na gôndola esperando o carrinho passar para ser jogado dentro. O PT nasceu para ser protagonista. Na alegria e na dor. Não é de ficar na gôndola nem é de ser jogar de gandula. Conversar é uma coisa, dialogar é outra.

A deputada federal Sandra Rosado teria esnobado uma liderança nacional do PT, dizendo que nunca havia tratado sobre as eleições de 2012 de Mossoró com o mesmo. Estaria faltando diálogo das duas partes?
Larissa diz que conversou, a mãe diz que não conversou. Difícil de entender, né? Melhor desconversar.

Sua opinião é a mesma de muitos petistas que dizem que na última eleição o grupo das deputadas Sandra e Larissa foi beneficiado pelo PT?
Claro que foi. Quando o PT chegou junto não havia nem clareza de que ela seria candidata, tão fragilizada ela estava diante do bafafá de Fafá. O PT levantou a candidatura de Larissa em 2008, agregou 14 mil votos aos que ela tinha tido em 2004. O partido sofreu um grande desgaste por isto, mas ficou firme. Esta contribuição foi desdenhada. Eu fui o maior defensor da aliança naquele ano. Agora estou convencido de que não vale a pena.

Existe da parte de alguns setores, a desconfiança de que o nome do reitor Josivan Barbosa é apenas para valorizar e que o mesmo pode ser o vice da Larissa...
Se valorizar em que sentido? O PT teve a vice na eleição passada. Então pra que se valorizar? O PT não tem a vice porque não quer. Josivam quer ser candidato a prefeito e o PT já decidiu que vai ter candidato próprio. Qualquer outra conjectura é mero exercício de achismo.

Em sua opinião, existe alguma possibilidade de o comando nacional do PT, impor uma aliança do partido com o PSB, em Mossoró?
Não vejo a mínima chance. A autoridade maior do partido, que é o presidente Rui Falcão, já esteve aqui e falou da sua alegria com a candidatura de um reitor provado e aprovado como gestor, para prefeito de Mossoró. Qualquer pressão de fora pra dentro só vai servir para unificar mais ainda o partido em torno de Josivan.

Josivam é candidato para valer ou o PT pode rever o projeto, diante da liderança da Larissa Rosado nas pesquisas?
O PT não costuma pautar suas decisões por pesquisas. Pesquisa orienta rumos, mas não pauta decisões. Veja-se agora o caso de São Paulo: Marta Suplicy com 34% e Fernando Haddad tem 1% e o PT está afunilando em torno de Haddad, cujo perfil é o mesmo de Josivan; o PT já partiu com Maria Luiza, com Luiza Erundina e com Luizianne Lins, todas abaixo dos 3% e ganhou com as três. Os Rosados já partiram com “O Touro” disparado na Arena, que acabou sendo engolido pelo “Capim”. Larissa mesma viu o próprio pai partir absoluto à frente de Rosalba e acabar derrotado. Depois, Ravengar lançou Luis Pinto sem medo da Lei de Murphy e ele acabou derrotado por Dix-huit e Sandra, que ele considerava uma chapa inviável pela idade de Dix-huit e pela rejeição somada de Mário e Sandra. Pesquisa é uma coisa, urna é outra, é como diz Chico Buarque: “É que há distância entre intenção e gesto”.

Qual a posição do PT para a chapa proporcional?
Só tivemos uma posição tão confortável em 1992, quando fui presidente do PT municipal e conseguimos reunir 19 candidatos. Elegemos dois. Agora já temos 22 pré-candidatos e ainda podem vir outros partidos para a somação. E ainda temos a vantagem do aumento de vagas, rebaixando sensivelmente o coeficiente eleitoral. Podemos fazer até três vereadores em 2012. Até porque a Câmara Municipal de Mossoró nunca esteve tão ruim. Com raras exceções, é uma camarilha... Mossoró está com muita saudade do PT na Câmara.

Como o PT recebeu o apoio da deputada Sandra Rosado e seu grupo ao nome de Garibaldi Filho ao Senado, em 2010, quando o partido tinha Hugo Manso disputando o mesmo cargo?
Hugo, que é manso, ficou irritado, imagine os outros. Sandra tinha todo o direito de não votar em Hugo, mas tinha o dever de chamar o PT para conversar. Lembro que na eleição de 2002, depois que Rosalba declarou apoio a Lula, Sandra conversou conosco e apresentou o desejo de apoiar Lula desde que fosse tratada como aliada. Garantimos que ela podia ficar tranquila quanto a isto. Ela não voltou a conversar. Preferiu apoiar José Serra. Depois ficou na base do governo e foi muito bem tratada. Apoiamos Larissa e queríamos a mesma coisa. Ou seja, ser tratados como aliados. Entramos numa campanha onde não tínhamos assento na coordenação, não tínhamos direito de ver as pesquisas. No último comício, houve agradecimentos para todo mundo e “Seu Raimundo”, mas não foi nem registrada a presença do PT na campanha. Depois da eleição nunca fomos chamados a discutir uma ação conjunta. Quando chegou a eleição de senador, foi o ex-governador que a tinha abandonado que mereceu o seu apoio radical. Tão radical que quem demonstrasse qualquer intenção de votar em Hugo Manso era hostilizado dentro do grupo. Então, o PT tinha mais era que tomar semancol.

CMM e FECAM realizam I Encontro Legislativo nesta sexta-feira


A Câmara Municipal de Mossoró (CMM) e a Federação das Câmaras Municipais do Rio Grande do Norte (FECAM) realizam nesta sexta-feira (02), a partir das 8h, a primeira edição do Seminário Legislativo Mossoroense, com o objetivo de oferecer capacitação para presidentes de Câmaras, vereadores, assessores legislativos, servidores das Câmaras Municipais, presidentes de partido e pré-candidatos de Mossoró e região, estudantes e demais interessados.

O encontro contará com a presença do vice-governador do Estado do Rio Grande do Norte, o presidente estadual do PSD, Robinson Faria, que será um dos palestrantes, com o tema: “Experiência Legislativa para a Sociedade”. Ainda durante o encontro, serão trabalhados os temas: Oratória e Direito Eleitoral. As inscrições são gratuitas e estarão sendo feitas no local. 

Além do vice-governador, o presidente da FECAM, vereador Edivan Martins, presidente da Câmara Municipal de Natal, já confirmou presença, assim como outros presidentes de Câmara da região.

O presidente da Câmara de Mossoró, vereador Francisco José Júnior, destacou a importância do evento, que deverá reunir mais de 150 pessoas de toda a região. “Estamos em um ano pré-eleitoral e cada vez mais, notamos a necessidade de qualificação, por isso, nos preocupamos em oferecer cursos como oratória e direito eleitoral. Em parceria com a FECAM, estamos realizando este seminário, que será apenas o primeiro de uma série, e que é também o primeiro passo para a implantação da Escola Legislativa. Uma oportunidade imperdível, em especial, para os futuros candidatos a um cargo no próximo ano”.

Novo Conexão com Andreia Ramos marca os 9 anos da TV Cabo Mossoró


O Programa Conexão da TV Cabo Mossoró (TCM Canal 10) estréia amanhã, 29 em novo formato e com nova apresentadora. Agora, ao lado de Nilton Giacomelli, a contratada da TCM para comandar a revista eletrônica é a jornalista Andreia Ramos. O programa continuará no mesmo horário, das 10h às 12h, de segunda a sexta-feira. A estréia faz parte das comemorações dos 9 anos da TCM que serão comemorados também amanhã, em programação especial.

As 8h30 Lilian Martins abre o Manhã TCM com um café da manhã especial pelo aniversário da TV Cabo Mossoró. Logo mais, às 10h, o novo Conexão entra no ar com descerramento da placa TCM Empresa Amiga da Apae. A festa de aniversário da TCM continua as 14h15 com o Entre no Clima Especial de aniversário e às 16h Mayara Amorim corta o bolo de aniversário no Mixtura.

NOVO CONEXÃO

As mudanças ocorrem principalmente no conceito e identidade visual, com a proposta de se tornar uma revista eletrônica, com temas e assuntos que mesclam informação de qualidade, opinião e entretenimento, além da participação e interação do telespectador.

As matérias de rua ganham destaque na nova fase com abordagens diferentes e um olhar mais aprofundado sobre as questões presentes no cotidiano mossoroense. As entrevistas em estúdio vão explorar mais recursos audiovisuais para oferecer um conteúdo mais ágil e interativo. As redes sociais, como o Twitter, também continuarão em alta no programa.

Mais surpresas do novo Conexão, fique ligado na tela do Canal 10 TCM e pelo www.portaltcm.com.br, no dia 29 de novembro.