domingo, 31 de março de 2013

América é campeão da Copa RN


O América confirmou o favoritismo, voltou a vencer o Coríntians de Caicó e com a conquista do título da Copa RN (fase de ida do segundo turno do Estadual) garantiu pelo menos 80% da meta traçada pela diretoria para este início de temporada. O clube já tem garantidas as vagas na Copa do Brasil e também na Copa do Nordeste do próximo ano, além da vaga na final do certame potiguar. O gol da vitória por 1 a 0 sobre o representante do interior foi marcado por Tiago Adan, aos 35 minutos da etapa inicial.

Jogadores do América-RN comemoram o título do primeiro turno (Foto: Augusto Gomes)

A torcida compareceu em grande número ao estádio, o capitão Edson Rocha foi homenageado por completar 150 partidas com a camisa alvirrubra e o clima festivo continuou quando a bola começou a rolar. Com esquemas ofensivos, as duas equipes faziam um confronto onde o ataque teve prioridade, no entanto isso não foi suficiente para tornar os primeiros 45 minutos um festival de oportunidades criadas, defesas difíceis e gols perdidos.

Ao contrário disso, o que se viu foram os goleiros trabalhando pouco, na maioria das vezes realizando apenas a burocracia da função: bater tiro de meta e pegar as bolas levantadas nas duas áreas. Pelo lado americano muito disso se deveu à individualidade dos seus atacantes, que deu certo apenas em duas ocasiões. Na primeira, aos 23, Índio Oliveira acertou um chute muito bem colocado e obrigou o arqueiro corintiano a realizar sua melhor intervenção no jogo. Na segunda, o centro avante Tiago Adan recebeu passe de Ricardo Baiano, avançou, se livrou de um marcador e chutou. O quique da bola “no montinho artilheiro” acabou com qualquer chance de defesa. América 1 a 0 e o clima no Nazarenão passou a ser de alegria geral.

Os planos do treinador Neto Maradona começaram a ruir quando ele, antes dos 30 minutos, perdeu duas peças importantes, o lateral-esquerda Ito Cruz e o atacante Ebinho, ambos com lesão no tornozelo. O atacante tinha o estado mais preocupante, uma vez que o médico suspeitava de fratura no tornozelo esquerdo. A rigor, mesmo voltado para atacar, o time caicoense pouco assustou tendo apenas um lance de perigo, quando Didi chutou forte da entrada da área e a bola quase achou a cabeça de João Paulo, que estava livre na pequena área.

Atrás no placar e apenas com mais uma substituição a fazer, a situação do Galo do Seridó que já era muito difícil, passou a ganhar ares de milagre, uma vez que teria de virar a partida e abrir uma larga vantagem de gols.

A situação poderia complicar ainda mais, caso logo no início da segunda etapa, o atacante Índio Oliveira não tivesse desperdiçado uma chance incrível, após belo cruzamento de Tiago Adan. Apesar de enorme vantagem, a equipe natalense continuou realizando forte marcação ao adversário e buscando mais gols. Em termos defensivos, a situação estava controlada, o Coríntians conseguiu acertar o primeiro chute ao gol apenas aos 12 minutos, mostrando o tamanho da superioridade alvirrubra. E Índio se dava o direito de continuar perdendo boas oportunidades, gerando inclusive um certo estresse entre os torcedores, mas como o clima era de festa, o aborrecimento não durava muito, tanto que quando foi substituído por Taiberson, o jogador deixou o campo sob aplausos.

Valente, os corintianos mesmo em desvantagem, procuravam mostrar profissionalismo e tentar pelo menos evitar uma nova derrota, mas o América apenas administrava a situação se aproveitando das brechas deixadas na marcação adversária para criar situações incômodas aos sistema defensivo do galo seridoense. Os defensores buscavam afastar o perigo de qualquer forma. Porém, o que o América já possuía era suficiente e a partir dos 30 minutos a torcida iniciou o coro de “é campeão...” esperando apenas o juiz apitar o final de jogo.

Ficha

América x Coríntians

América: Dida, Fabinho, Índio, Edson Rocha e Netinho (Renatinho); Ricardo Baiano, Daniel, Jorge Santos (Alysson) e Cascata; Tiago Adan e Índio Oliveira (Taiberson). Técnico: Roberto Fernandes.

Coríntians: David, Ewerton, Fábio Seixas, Mercinho e Ito Cruz (Índio); Ramon, Jozicley, Coruja e Didi; João Paulo e Ebinho (Jorginho/Geovani). Técnico: Neto Maradona.

Árbitro: Flávio Roberto Sales

Gols: Tiago Adan/AME (35'/1ºT)

Renda: R$ 50.520,00

Público: 3.509 pagantes

Estádio: Nazarenão

Fonte: Tribuna do Norte

Apostador de Mossoró dividi prêmio de R$ 46.034.029,50 da Lotomania Especial de Páscoa


Um apostador de Mossoró/RN e outro de Manaus vão dividir o prêmio da Lotomania Especial de Páscoa, realizado na cidade de Gramado (RS), dividindo R$ 46.034.029,50.

Os dois apostadores acertaram as 20 dezenas do concurso 1.135. Conforme o site da Caixa Econômica Federal os números são: 02 - 03 - 11 - 24 - 28 - 29 - 31 - 40 - 52 - 53 - 56 - 60  - 61 - 75 - 76 - 81 - 83 - 90 - 92  - 93.

A Caixa informa que os apostadores que acertaram 19 números vão receber R$ 36.024,50 cada.  Já os 986 que acertaram 18 números vão levar cada 2.301,77.

No outro extremo, a Lotomania Especial da Páscoa também vai premiar aqueles que não acertaram nada nos cem dezenas dos bilhetes que eles marcaram 50. No caso, foram 3 e cada um vão receber R$ 378.257,30.

Mega-Sena

Já a famosa Mega-Sena não teve acertadores no sorteio realizado na noite destes sábado. O prêmio 1.481 acumulou, devendo pagar, na próxima quarta-feira (3) R$ 5,2 milhões ao apostador que acertar as seis dezenas. Os números sorteados na noite deste sábado, na cidade de Barra Mansa, no Rio de Janeiro, foram 17, 27, 28, 40, 44, 55.

Com informações do site da Caixa e do UOL

sexta-feira, 29 de março de 2013

Rosalba responde a jornalista César Alves que revela morte de criança por falta de leito na UTI do Tarcísio Maia


Governadora usa Twitter para rebater questionamento de jornalista sobre morte de bebê em UTI

Por Interino do blog do BG

A governadora Rosalba Ciarlini usou a sua página no Twitter para responder a comentário do jornalista Cezar Alves sobre a morte de um bebê por falta de UTI Pediátrica no hospital Tarcísio Maia, em Mossoró. “moranos num estado onde A @RosalbaCiarlini nao RESOLVE a saúde. CULPA os OUTROS, COMO SE ela não tivesse sido escolhida para resolver”, disse o jornalista.

“Você pode ter certeza de que não passo um dia sem me angustiar com todos os problemas que ainda não conseguimos resolver . E a saúde me angustia mais que tudo. Na posse dos novos secretários, eu disse que estou governadora, mas sou médica”, postou Rosalba.

Ainda segundo a governadora, “A minha profissão é a medicina. O meu juramento é o de Hipócrates. E eu lhe garanto q estamos trabalhando duro para resolver graves problemas. Mas é preciso sermos justos e honestos. Os problemas que estão no noticiário não surgiram 2 anos atrás” diz a governadora.

“Optamos por medidas estruturantes, porque essa tem de ser a opção de quem governa com responsabilidade. Em lugar da resposta fácil e rápida, optamos por medidas que vão reestruturar a rede. Só que respostas estruturantes demoram a produzir resultados”, finalizou Rosalba apontando obras que estão sendo realizadas nos hospitais.

Fonte:  Blog do BG

quinta-feira, 28 de março de 2013

Abaixo o fascismo ilustrado!

Reinaldo Azevedo



Eu sou pelo beijo na boca. Desde que seja consensual, beijo na boca é sempre a favor. O que acho estranho é a modalidade “beijo na boca contra” — contra o deputado Marco Feliciano (PSC-SP), por exemplo, como fizeram as atrizes Fernanda Montenegro e Camila Amado. Aliás, se o Brasil sair se beijando para pressionar Feliciano a renunciar, não vejo nada demais. O que não é possível é transformar a Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara num circo porque, afinal, os manifestantes não concordam com as ideias do presidente. O Brasil aboliu, a duras penas, o delito de opinião. Se boa parte da imprensa se esqueceu disso, faço questão de lembrar.

Quando o delito de opinião foi extinto, também os adversários passaram a gozar da licença de dizer o que pensam. E há pessoas que são contrárias ao casamento gay. E daí? “Casamento” não é direito natural. É um jeito que a sociedade tem de organizar as famílias. Mundo afora, as sociedades determinam o que pode e o que não pode, havendo, sim, “discriminações” aceitas como medida de prudência. Ninguém pode se candidatar à Presidência da República ou ao Senado com menos de 35 anos, por exemplo. É uma combinação. Pessoalmente, não vejo por que os gays não podem se casar. Feliciano não pensa como eu. E caberia perguntar àqueles que aderiram ao linchamento moral onde está escrito que ele está proibido de dizer o que pensa.

Essa chacrinha é vergonhosa! É típica de uma democracia que está vivendo sob tutela — sob a tutela, no caso, de grupos militantes. Um país em que os petistas João Paulo Cunha e José Genoino — condenados pelo STF por levezas como peculato, formação de quadrilha, corrupção ativa, corrupção passiva e lavagem de dinheiro — são membros da Comissão de Constituição e Justiça está com sintomas de esclerose política, isto sim! E um deputado vira o inimigo público nº 1 dos grupos militantes e da imprensa porque se opõe ao casamento gay? Ora, tenham paciência!!! Não estou aqui demonizando protestos, não! Que os manifestantes ocupem o gramado do Congresso, a Esplanada toda; que Fernanda Montenegro beije Camila Amado e quantas outras lhe der na telha; que a turma se junte lá na ABI para dizer o que pensa. Tudo isso é do jogo democrático. O que não dá é para se comportar como tropa de choque.

O ex-BBB Jean Wyllys (PSOL-RJ), um dos organizadores da bagunça no Congresso, foi eleito com pouco mais de 13 mil votos. Já tinha entrado na categoria das sub-subcelebridades, depois de micar na TV como jornalista e apresentador. Aí se aventurou na política. Foi malsucedido, sim. Seus 13 mil votos não o elegeriam vereador numa cidade média. Só está na Câmara porque se aproveitou da votação de Chico Alencar (RJ), seu colega de partido. O sistema proporcional permite essas coisas. Está lá, portanto, legalmente. Não estou contestando. E não terá dificuldade de se reeleger em 2014. Ele transformou a Câmara num BBB, atraindo para si os holofotes. A exemplo do que acontece na “ vida real, porém roteirizada” do programa de TV, estamos numa vitrine para a exposição de bonzinhos e malvados. Como falta à Casa um Pedro Bial para explicar dialética às massas (e não falo em sentido irônico, não), mostrando o que há de bonzinho no mauzinho e de mauzinho no bonzinho, a Câmara dos Deputados se transforma num BBB do Mal.

Wyllys está no seu elemento. Foi se fazendo de vítima ativa que conquistou os brasileiros no BBB. Os bucéfalos que o hostilizaram porque era gay jogaram o seu jogo, conforme ele queria. Descobriu o poder da vítima — e nada é mais eficaz (a depender do caso, também é perigoso) do que uma “vítima” no ataque. Cria-se uma coisa curiosa: por mais, então, que essa vítima disponha de todos os meios para massacrar o outro, para espezinhá-lo, para ridicularizá-lo, continua… “vítima”. Essa condição deixa de ser um estado transitório para virar uma categoria: categoria política, categoria de pensamento, categoria moral, categoria espiritual.

Quem é que tem hoje a imprensa na mão? Quem mobiliza os formadores de opinião? Quem é o dono do falso consenso (sim, um plebiscito diria o que pensa maioria)? É Feliciano? Não! Essa personagem poderosa, hoje, é Jean Wyllys — como poderoso ele se tornou na “casa mais vigiada do Brasil”. Louvo a sua esperteza, claro!, e lamento a estupidez destes dias, em que os critérios elementares do que é democracia foram esquecidos.

Vejam os jornais desta quinta. Aquele rapaz que chamou Feliciano de “racista” — o deputado lhe deu voz de prisão, o que podia, sim, fazer ali, mas ele não foi preso; é mentira! — gravou um vídeo (ver post) em que diz que aquilo só aconteceu porque ele é “negro, homossexual e pobre”. A imprensa está com ele. Acredita que o comportamento dos brucutus na comissão é correto e legítimo. Afinal, “não concordamos com Feliciano, então tudo é válido”.

Rede de desqualificação
Embora eu já tenha escrito dezenas de textos em favor do casamento gay e até da adoção de crianças, meu nome caiu na rede desqualificação e da patrulha porque estou me opondo ao linchamento do deputado, chamado pela imprensa brasileira, nos títulos, quase sempre de “pastor”. Ora, quem expulsou aquele agressor da Câmara não foi o “pastor”. Pastor pode, quando muito, pedir que alguém saia da sua igreja se estiver incomodando. Do Parlamento, não! Quem tomou a decisão foi um DEPUTADO, que é presidente da comissão, queiram ou não, gostem ou não.

Chamá-lo de “pastor” é evidência de preconceito religioso. Algum outro deputado é chamado ali por sua profissão ou atividade fora do Congresso? Não! O que se está patrulhando, de fato, é a condição religiosa de Feliciano. Não adianta tentar dourar a pílula. Os psolistas já deixaram claro que eles querem todos os membros do PSC fora da comissão. Não consta do Regimento nem da ordem democrática que os membros de uma comissão devam, de saída, abraçar um credo.

Podem me patrulhar à vontade! O que escrevo está em arquivo. Daqui a pouco alguns brucutus vão querer se reunir para decidir — em certa medida, ainda que de modo indireto, já o fazem — o que pode e o que não pode ser publicado, o que pode e o que não pode ser pensado, o que pode e o que não pode ser debatido. Rejeito e intolerância, venha de onde vier. Fernanda Montenegro deu beijo da boca de outra atriz para demonstrar sua adesão à causa. Fico a imaginar o que faria no palco para protestar contra Genoino e João Paulo na CCJ — na hipótese, claro!, de que ela seja contra isso também. Espero que sim!

Em entrevista o Radar, de Lauro Jardim, o deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) disse o óbvio: se Feliciano renuncia, não se elege nunca mais; se fica, pode ter um milhão de votos. O próprio Jean Wyllys certamente multiplicou o seu eleitorado a valer, não é? Há muita gente que concorda com ele, mas há ainda mais gente que concorda com Feliciano. Os dois saem como heróis de suas respectivas causas, mas é certo que o deputado do PSC está tendo uma projeção que obviamente não teria não fosse o deputado do PSOL ter empregado também como político a sua técnica para vencer o BBB.

Não lido bem com gritaria ou com hordas. Também não cedo ao fascismo politicamente correto. Boa parte do jornalismo esqueceu os princípios que norteiam uma sociedade democrática e de direito, a única que permite a existência do próprio jornalismo.

Recuso a tutela do estado. Mas recuso também a tutela de grupos de pressão.

Fonte:  www.veja.com,br

Henrique terá alta hospitalar nesta sexta-feira


O deputado federal Henrique Alves, presidente da Câmara Federal, se submeteu a cirurgia de hérnia abdominal, no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo.

De acordo com o próprio parlamentar, através de seu twitter, está prevista para esta sexta-feira, a alta hospitalar.


Governo Rosalba divulga nota sobre matéria que aponta que o RN paga os menores salários a professores


O governo Rosalba Ciarlini, através da Secretaria de Educação Estado emitiu nota à população sobre matéria veiculada pela imprensa sobre os salários dos professores.


De acordo com pesquisa realizada  pela revista Educação junto às secretarias de educação das 27 unidades da federação brasileira, os piores salários para professores são pagos no Rio Grande do Norte.

O salário pago a um professor com carga horária de até 40 horas semanais da educação básica é de R$ 1.387,00.



Confira a explicação do governo Rosalba:

NOTA

Sobre as recentes reportagens publicadas comparando os salários dos professores das redes estaduais de todo o país, a Secretaria de Estado da Educação do Rio Grande do Norte esclarece que:

1. é difícil encontrar um parâmetro para elaborar uma tabela correta de comparação dos vencimentos entre estados, uma vez que as cargas horárias diferem de um ente federativo para outro. As jornadas variam entre 20h, 25h, 30 e 40 horas. Outro ponto que interfere na fiel comparação é que muitos estados agregam ao valor dos salários alguns benefícios, que não estão incorporados ao vencimento real e que também variam de estado para estado.

2. é preciso entender que não é possível fazer a comparação de um estado que paga determinado valor por quarenta horas de trabalho, embutindo no piso a remuneração por benefícios de carreira, com um estado como o Rio Grande do Norte, que tem uma carga de 30 horas semanais, paga o piso integral no vencimento, sem embutir os valores de benefícios.

3. tantas peculiaridades dão margem para que os dados sejam utilizados da maneira que melhor convier aos interessados, gerando injustiças, divulgação de informações inverídicas e, por vezes, levianas. Portanto, para uma real comparação, sugerimos a utilização de um método que trate os vencimentos igualitariamente, no caso, o valor da hora atividade.

4. como os dados apresentados pela tabela publicada no site da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação – CNTE, não estão atualizados (são de agosto de 2012) e foram repassados pelos sindicatos regionais,  sem o devido cuidado com a atualização da informação, iniciamos uma pesquisa junto às secretarias estaduais de educação de todo o país, buscando os valores reais, estado por estado.

5. como exemplo de estado que paga menos do que o Rio Grande do Norte, podemos citar o Rio Grande do Sul. Os professores gaúchos, com nível médio, recebem um piso de R$ 977,05, por 40 horas de jornada. Já os professores graduados, recebem um piso de R$ 1.807,54, pelas 40 horas semanais. De acordo com esses números, no Rio Grande do Sul, os professores de nível médio recebem R$ 6,10 pela hora atividade e os graduados, R$ 11,30.

6. no Rio Grande do Norte, onde a carga horária é de 30 horas semanais, o valor do piso pago ao grupo remanescente de 700 professores com nível médio é de R$ 1.175,27, enquanto o professor graduado, em início de carreira, recebe R$ 1.644,00. Logo, o valor da hora atividade paga ao professor potiguar de nível médio é de R$ 9,7, e ao professor graduado é de R$ 13,7, valores bem acima dos que são pagos no Rio Grande do Sul. Essa é apenas uma das comparações que podemos fazer com outros estados que pagam menos que o Rio Grande do Norte.

7.a Secretaria de Estado da Educação reforça que o reajuste acumulado de 76,8% (2011: 34%; 2012: 22,22%; 2013: 7,97%) concedido pelo atual governo aos professores é o maior da história recente do Estado. Para comprovar, basta que os professores comparem seus contracheques entre setembro de 2011 e janeiro de 2013. Enfatiza, ainda, que não reajustou apenas o valor do piso, mas aumentou na mesma proporção, os salários de todos os professores, independente dos níveis e tempo de serviço.

8. ressaltamos, também, que nesse governo, os professores voltaram a receber benefícios represados há mais de 10 anos, como pecuniárias, quinquênios, aposentadorias, promoções verticais e horizontais, numa política de valorização dos educadores que o Estado tem a intenção de dar continuidade. Apesar dos avanços, a Secretaria de Estado da Educação reconhece que ainda é preciso fazer mais, valorizar mais, para que o professor sinta-se cada vez mais estimulado a contribuir para o desenvolvimento da Educação, pois é na escola que as grandes mudanças acontecem. As perspectivas são animadores.

Natal, 28 de março de 2013.

Assessoria de Comunicação

Secretaria de Estado da Educação do Rio Grande do Norte

Vereador do PMDB de Mossoró segue Henrique Alves e critica ação do Estado

Alex Moacir, do PMDB, de Mossoró, critica governo Rosalba


Por:  Gutemberg Moura

E o deputado federal Henrique Alves, presidente do PMDB no RN, faz escola e, suas críticas ao Governo Rosalba Ciarlini, chegam ao partido em Mossoró. Na Câmara Municipal, o vereador peemedebista Alex Moacir dispara a sua "metralhadora" contra o má funcionamento do Itep.

Na sessão da Câmara, nesta quarta-feira (27), o vereador Alex Moacir cobrou maior celeridade na emissão de documentos pelo Instituto Técnico-Científico do de Polícia do RN (ITEP-RN) em Mossoró.

Por aqui, a emissão de documentos anda a passos de tartarugas.

Segundo apontou Alex, a emissão de uma segunda via de identidade, por exemplo, leva atualmente cerca de 90 dias na cidade para ser emitida. Para ele, o prazo é "inaceitável".

O Itep é um dos órgãos do Governo do Estado em Mossoró, e sua atuação vem sendo bastante questionada pela população.

Fonte:  www.gutembergmoura.com.br

União poderá prestar auxílio financeiro permanente a municípios



Os municípios poderão contar com auxilio financeiro permanente por parte da União. É o que prevê o Projeto de Lei 3118/2012 da deputada federal Sandra Rosado. Pela proposta,  esse auxílio será correspondente à variação nominal negativa das respectivas cotas do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), acumulada em cada trimestre, em relação ao mesmo trimestre do ano anterior.

A ideia da parlamentar é que o auxilio compense as reduções dos repasses do FPM provocadas pela queda da atividade econômica e seus efeitos sobre a arrecadação dos impostos federais que servem de base para a formação do fundo. “Minha proposta é que o valor do auxílio financeiro de cada município seja calculado pelo Tribunal de Contas da União e pago em parcela única até o 15º dia útil do mês seguinte ao término do trimestre”, explica.

Sandra Rosado lembra que, em 2009, o Governo editou medida provisória – convertida na Lei 12.058/09 – para que a União prestasse auxílio financeiro emergencial aos municípios, por causa da crise econômica. A deputada ressalta, porém, que crises dessa natureza afetam de tempos em tempos a economia brasileira. “A melhor resposta para problemas dessa ordem é a criação de um mecanismo permanente, previsível e seguro de compensação financeira para os municípios”, argumenta. “São os municípios os mais expostos aos efeitos das crises econômicas”, completa.

Tramitação

A proposta será analisada em caráter conclusivo pelas comissões de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania; ou seja, em caso de aprovação não será apreciado pelo Plenário e já segue direto para votação no Senado Federal.

Larissa Rosado sugere medidas do Governo em defesa da mulher do RN



Pesquisa do Senado, divulgada ontem (26), mostra que 13,5 milhões de brasileiras já sofreram algum tipo de agressão – 19% da população feminina com 16 anos ou mais. E que 700 mil brasileiras continuam sofrendo violência.

A gravidade da situação levou a Assembleia Legislativa a sugerir novas medidas ao Governo do Estado, em audiência pública, ontem, no plenário, presidida pela deputada estadual Larissa Rosado (PSB) e com presença de especialistas.

Entre as ações urgentes, estão plantões nas Delegacias da Mulher nos finais de semana, quando chega a dobrar os registros de violência; criação da Secretaria da Mulher e da Casa de Abrigo Estadual para vítimas de violência.

Também destinação de residências do Programa “Minha Casa, Minha Vida” para mulheres egressas das Casas de Abrigo, o que será proposto em Projeto de Lei à Assembleia, e fortalecimento da rede de proteção à mulher.


Larissa observa que esse reforço melhorará aplicação da Lei Maria da Penha, que, embora conhecida por 99% das mulheres ouvidas pelo Senado, ainda não reduziu o índice de mulheres que se dizem vítimas de violência doméstica.

O percentual de 2013 (19%) é o mesmo de 2011 e de 2009. Em 2007, eram 15% e, em 2005, 17%. A pesquisa sobre o assunto é realizada pelo DataSenado, braço estatístico do Senado Federal, a cada 2 anos, desde 2005.

“Esses números confirmam a gravidade do problema e a necessidade de providências urgentes. Na audiência pública, encaminhamos novas propostas e cobraremos aplicação, já que falta sensibilidade para atendê-las”, afirma Larissa.

Prefeita Cláudia Regina assina termo de cooperação com a CEF



A Prefeitura Municipal de Mossoró (PMM) e a Caixa Econômica Federal (CEF) celebraram, na manhã desta quinta-feira, uma cooperação técnica que vai agilizar o andamento de processos do município que tramitam na Caixa. Através da cooperação, um servidor do banco ficará responsável por acompanhar os procedimentos que envolvem as duas instituições, dando celeridade aos processos.
A assinatura do Termo de Cooperação Técnica aconteceu no Salão dos Grandes Atos, no Palácio da Resistência. A prefeita Cláudia Regina recebeu o superintendente da CEF, no Rio Grande do Norte, Roberto Sérgio Linhares, que veio acompanhado do gerente geral da CEF/Mossoró, Aldemir de Souza, do gerente regional da área de desenvolvimento do banco, Paulo Antônio Longo e dos diretores Nildo Marciel e Valéria Espínola.
Na solenidade, a prefeita destacou a importância desta cooperação e aproveitou para pedir ao superintendente agilidade nos processos referentes ao início das obras de reurbanização das comunidades do Tranquilim e Wilson Rosado.
“É muito importante este contato direto com a Caixa, principalmente porque temos o compromisso do superintendente de que iremos fazer de tudo para que possamos iniciar logo a execução de projetos importantes como a reurbanização do Tranquilim e o saneamento integrado”, comentou a prefeita.
O superintendente da CEF, Roberto Sérgio, voltou a elogiar a determinação da prefeita e disse que, a cooperação técnica é um instrumento fundamental para o avanço dos projetos.
SECOM/PMM

O feriadão dos políticos



As lideranças políticas do Rio Grande do Norte cumprem programas diferentes nesta Semana Santa.

A governadora Rosalba Ciarlini, DEM, escolheu Tibau, para passar o feriado com a família, aproveitando  para curtir os netos Charlotte e Phillip, a filha Carla e o genro Yan, que moram na Alemanha e estão no Estado.

Já o ministro da Previdência Social, Garibaldi Filho, PMDB, preferiu passar a Semana Santa na praia de Cumbuco, no Ceará.

Seu primo, o presidente da Câmara Federal, Henrique Alves, PMDB, aproveita o feriado da Páscoa, para realizar uma cirurgia para retirada de hérnia abdominal que foi diagnosticada em recente check-up no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo. Mas, no domingo de Páscoa estará com a família, Natal.


O senador José Agripino Maia, DEM, fez opção por Buenos Aires onde passa o feriadão.

Jornalista pede proteção ao Governo do Estado e a outros Poderes do RN


O jornalista Roberto Guedes, que atua em Natal, e que teve passagem por grandes órgãos de comunicação do Rio Grande do Norte, divulga cópia de correspondência que encaminhou ao Governo do Estado e a outros Poderes, pedindo proteção. Confira:
Jornalista Roberto Guedes

Excelentíssimos senhores Dra. ROSALBA CIARLINI, MD Governadora do Estado; Desembargador ADERSON SILVINO, MD Presidente do Tribunal de Justiça; Desembargador JOÃO BATISTA REBOUÇAS, MD Presidente do Tribunal Regional Eleitoral; Promotor público MANOEL ONOFRE NETO, MD. Procurador Geral de Justiça; Procurador da República PAULO SÉRGIO DUARTE DA ROCHA JÚNIOR, MD Procurador Regional Eleitoral; Coronel PM FRANCISCO CANINDÉ DE ARAÚJO SILVA, MD Comandante Geral da Polícia Militar; Advogado SÉRGIO FREIRE, MD Presidente da seccional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) no Rio Grande do Norte, e Jornalista NELLY CARLOS, MD Presidente do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado do Rio Grande do Norte (SINDJORN).
Prezados Senhores:
Comunico a Vossas Excelências que estou sendo ameaçado de receber agressão física, cadeia e mesmo morte violenta para não viajar nesta noite ou na manhã desta quinta-feira, 28, amanhã, para a cidade de CAIÇARA DO RIO DO VENTO, a bela terra que adotei como meu lar, e entrego-vos a responsabilidade por minha incolumidade.
Ameaçam-me por diferentes meios os mesmos autores do atentado à minha vida perpetrado a 15 de setembro do ano passado, e desta feita acrescenta-se um Sargento PM atrabiliário e comprometido politicamente, do qual recebi nesta quarta-feira a informação de que serei preso, pela prática de crime hediondo, algo impensável a meu respeito, se pisasse em Caiçara do Rio do Vento esta semana.
As ameaças não vêm de hoje; apenas elevam o tom, e não mais adotam apenas a mim como alvo. Na última segunda-feira, 25, anteontem, um dos organizadores do atentado de setembro perseguiu um carro que transportava familiares meus, de Caiçara do Rio do Vento para Natal, até alguns quilômetros depois de Santa Maria, agindo intimidadoramente, para de repente fazer o retorno na direção oeste.
Marginais mobilizados por um dos grupos que disputam a prefeitura de Caiçara do Rio do Vento somaram-se à tendenciosidade de um agente do estamento fardado de segurança naquela ocasião e repetem o conluio agora, contando em ambas ocasiões com a omissão conivente dos agentes locais da Justiça estadual e da Justiça Eleitoral e do Ministério Público – estadual e Eleitoral. Não mais tenho a quem pedir a proteção que o Estado deveria proporcionar a mim e a meus familiares.
Em setembro, recorri à agente do Ministério Público em Caiçara do Rio do Vento, a promotora JULIANA ALCOFORADO, S. Excelência confirmou, por escrito, já saber que eu estava recebendo ameaça de ser esquartejado e salgado na via publiça, nominando o autor da ameaça, e deixou-me na mesma.
Ataque
Horas depois, como amplamente divulgado, fui atacado e não morri porque Deus conseguiu me guiar enquanto era perseguido por oito veículos cheios de marginais que prometiam me linchar.
Consegui chegar ao posto da Polícia Rodoviária Federal em Macaíba, onde pedi proteção, e nunca, desde então, vi algum dos agressores ser presos, apesar de em Natal mostrá-los, um a um, a um delegado de polícia civil que, adredemente orientado pelo grupo político de Caiçara do Rio do Vento, recebeu-me acusando-me de atentar contra vidas alheias.
Hoje, o mesmo Sargento então envolvido com os autores do atentado age abertamente como cabo eleitoral em Caiçara do Rio do Vento, intimidando eleitores do PMDB e prometendo me desmoralizar porque, mesmo sem ser eleitor na cidade, mesmo sem tomar partido na presente campanha eleitoral, venho, como Jornalista e como Advogado, noticiando irregularidades que desnudam a moral de muita gente que empalma os três poderes em Caiçara do Rio do Vento.
Minha família torce para que eu não viaje, mas o que seria de mim se me curvasse agora diante desta intimidação? Se esta me alcança, sem contudo recomendar-me uma atitude de fuga, Vossas Excelências podem fazer idéia do que outras pessoas em Caiçara do Rio do Vento estão sofrendo nas mãos desses agressores fardados e protegidos pela Justiça e pelo Ministério Público.
Para que Vossas Excelências tenham idéia do quanto a situação é complicada, um Ministro de Estado, o senador GARIBALDI ALVES FILHO (PMDB), titular da pasta da Previdência, impressionou-se tanto ao tomar conhecimento da violência instalada por esta gangue em Caiçara do Rio do Vento que, para ir participar de um ato público na noite do último sábado passou alguns dias pedindo ao Exmº Sr. Comandante da Polícia Militar que reforçasse e despartidarizasse o policiamento na cidade, porque não gostaria nem aceitaria sofrer os constrangimentos que o sargento em tela, que se gaba de ser vinculado ao Dem, vinha impondo a peemedebistas locais, quando estivesse na cidade, na companhia da terceira pessoa da linha sucessória da Presidência da República, o Exmo. Deputado Federal HENRIQUE EDUARDO ALVES, MD Presidente da Câmara Federal.
O Coronel Araújo até procurou melhorar a situação descrita pelo Ministro, enviando uma equipe do Grupamento Tático Operacional (GTO) da Polícia Militar para Caiçara do Rio do Vento. Mas esbarrou, porém, numa inédita e descabida exigência apresentada em uníssono pelas representações locais da Justiça e do “Parquet”, no sentido de que adotasse as providências que considerasse necessárias, mas de forma agora aceitariam que retirasse o comando do policiamento em Caiçara do Rio do Vento das mãos do referido sargento.
Nos blogs que edito, BLOG DE ROBERTO GUEDES e DIARIO DE CAIÇARA DO RIO DO VENTO, Vossas Excelências encontrarão as razões de tal interesse, assim como no blog oficioso da campanha do Dem, o DIÁRIO CAIÇARENSE, editado por um marginal foragido que se acoita em nossa cidade com o respaldo do Ministério Público e do Sargento em questão, farão idéia da campanha difamatória que promovem contra mim a fim de gerar o clima de violência de que necessitam para atentar contra minha integridade, se possível através da minha extinção.
Diante do que viu nesse blog marginal e das ameaças que documentei e lhe mostrei, uma autoridade do estamento estadual de Segurança me perguntou por que eu insistia em enfrentar “esta gente”, e eu só encontrei uma resposta: se é para o mal, a maledicência, a violência, a chantagem e o suborno vencerem a moral, a ética e a honestidade, melhor seria a sociedade não custear polícia, ministério público, justiça ou qualquer braço de governo.
Quem seria eu se, diante de tanta ilegalidade, preferisse ficar calado, receando represálias e deixando que a comunidade que integro permaneça a mercê da marginalia? É por isto, Senhoras e Senhores, que viajarei em questão de horas.
É por isto que Vos peço que façam o possível para frear a Besta, sob pena de serem responsabilizados depois pelo que de trágico me ocorrer.

Roberto Guedes

Coluna ...Cristo Salva!



Nesta quinta-feira, 28, no jornal Correio da Tarde, Mossoró/RN, confira a coluna ...Cristo Salva! com o jornalista-radialista, Carlos skarlack.
A coluna está disponível na versão impressa e no site do jornal, a partir das 18h – www.correiodatarde.com.br

Vice-prefeito de Mossoró, do PMDB, desautoriza Garibaldi e desmente Fafá e Leonardo Nogueira

Vice-prefeito Wellington Filho articula para assumir o PMDB em Mossoró


E o ministro da Previdência Social, Garibaldi Filho e o seu partido, o PMDB no Estado, estão com um grande problema.

Ao convidar a ex-prefeita de Mossoró, Fafá Rosado, ainda no DEM, para retornar ao partido, Garibaldi não teria comunicado, previamente, ao vice-prefeito de Mossoró, advogado Wellington Filho.

Então, pelo que deixa subentendido o vice-prefeito, em entrevista ao jornal De Fato, edição desta quinta-feira, 28, não existiu convite nenhum e, pelo que disse se houve, não tem validade nenhuma, pois, para Wellington, Garibaldi, primeiro, teria que ter pedido autorização a ele.

Como Wellington Filho acha que o PMDB de Mossoró deve ser entregue a ele, sim, um grande líder, Garibaldi que procure outra saída e, Fafá, que vá buscar outro partido para se filiar.

Ao desautorizar Garibaldi – e Walter Alves, seu filho – e, desmentir Fafá e seu marido, Leonardo Nogueira, que revelaram o convite, Wellington Filho deixou claro que, no PMDB, ele só trata com Henrique Alves, presidente da Câmara Federal.

Outrossim:  pelo que entendi na entrevista do vice-prefeito, Wellington Filho, Henrique, Garibaldi e Walter Alves, para viabilizar o retorno de Fafá, ao PMDB, terão que ter autorização dele, como grande estrela do diretório local.

Como fica claro que ele, Wellington, liderança emergente da política mossoroense, não aceita o retorno de Fafá, ao PMDB, então, assunto encerrado.

Ou não?!

quarta-feira, 27 de março de 2013

RN paga os piores salários a professores no Brasil





O governo do Rio Grande do Norte volta a ser destaque em nível Nacional de forma negativa.

De acordo com pesquisa realizada  pela revista Educação junto às secretarias de educação das 27 unidades da federação brasileira, os piores salários para professores são pagos no Rio Grande do Norte.

O salário pago a um professor com carga horária de até 40 horas semanais da educação básica é de R$ 1.387,00.

Os valores pagos em outros estados chegam a ser mais do que o dobro daquilo que é pago no Rio Grande do Norte.

Em Brasília paga-se R$ 4.100. Em Goiás, R$ 3.821. Roraima aparece na terceira colocação com 3.619 e logo em seguida, em 4º lugar, o Sergipe, com R$ 3.196.

A média salarial nacional é de R$ 2.024 reais para a rede Municipal e de R$ 2.633 para a rede Estadual.
No RN paga-se, respectivamente, R$ 1.347 e R$ 1.387.

No segundo caso, a média de salários pagos pelo Estado é metade do que se paga em relação a média nacional.

Em Sergipe, estado próximo ao RN, paga-se mais do que o dobro do que no Rio Grande do Norte.


Cinquentenário de experiência de Paulo Freire



O ano de 2013 marca os 50 anos da experiência de educação de jovens e adultos, desenvolvida pelo educador pernambucano Paulo Freire, patrono da educação brasileira, no município de Angicos. Para marcar a data, a Secretaria de Estado da Educação, em conjunto com a comissão do Projeto Paulo Freire 50 anos, programaram conferências e apresentações culturais nos dias 2 e 3 de abril.

A programação será aberta na terça-feira (2), a partir das 14h30, no auditório central do Campus Angicos da UFERSA, com apresentação do cordelista Hailton Mangabeira, assinatura da Ordem de Serviço para construção do Memorial Paulo Freire e lançamento do Pacto Paulo Freire pela Educação de Jovens e Adultos. Ainda no auditório, às 16h30, o ex-coordenador de círculo de cultura, Dr. Marcos José de Castro Guerra, fará conferência com o tema: “AS 40 HORAS DE ANGICOS: VÍTIMAS DA GUERRA FRIA?”

As atividades do primeiro dia de comemorações serão enceradas em frente à Escola Estadual José Rufino, memória viva da experiência, a partir das 19h, com apresentações teatrais, círculo de cultura, exibição do filme “40 horas de Angicos” e documentário produzido pelo núcleo de referência da História e Memória da EJA/UFRN, com entrevistas a ex-alfabetizandos.

No segundo dia de evento, as atividades retornam para o auditório do Campus Angicos da UFERSA, onde haverá lançamento da Revista de Informação do Semiárido (RISA), numa Edição Especial intitulada “Angicos 50 anos depois do trabalho pioneiro de Paulo Freire nas 40 horas”, a partir das 8h. Logo após, os professores Moacir Gadott, do Instituto Paulo Freire, e Joaquim Alcoforado, da Universidade de Coimbra/Portugal comandam mesa redonda sobre a influência de Paulo Freire nas práticas de Educação de Adultos no Brasil e em Portugal.

Haverá ainda, às 10h40, círculo de cultura, com relatos das experiências dos coordenadores dos círculos de cultura e educandos das 40 horas. Encerrando a programação, às 15h, a Câmara Municipal de Angicos concederá Títulos de Cicadão Angicano aos ex-coordenadores dos Círculos de Cultura e fará homenagens póstumas pela Câmara Municipal de Angicos, no auditório da UFERSA. Durante toda a programação também haverá, na UFERSA e na Escola Estadual José Rufino, exposição do Projeto Memória – Paulo Freire, da Fundação Banco do Brasil.

Aumenta exportação de sal no RN


A produção de sal subiu com a seca, permitindo a estocagem e a comercialização do excedente
Produção de sal subiu com a seca 

O setor salineiro está disposto a recuperar seu espaço na pauta de exportações potiguar. O valor exportado pelo setor nos dois primeiros meses de 2013 já é 18,1% superior ao exportado durante todo o ano de 2012. No ano passado, o setor exportou US$ 2,2 milhões (R$ 4,42 milhões). No primeiro bimestre deste ano, o valor exportado chegou a US$ 2,6 milhões (R$ 5,22 milhões), segundo dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (Mdic).

Com as chuvas de 2008, 2009 e 2011, o setor chegou a praticamente interromper as operações de comércio exterior. A retomada se deu no início deste ano. A produção de sal, que cai em períodos chuvosos, subiu em função da seca e permitiu aos salineiros estocar e comercializar o excedente em 2013.

A ideia, segundo Aírton Torres, presidente do Sindicato da Indústria do Sal no Rio Grande do Norte, é exportar entre 160 mil toneladas e 320 mil toneladas este ano. O volume parece alto, mas não chega nem a 50% do exportado pelo setor durante o pico das exportações (800 mil toneladas).    

Aírton explica que é preciso reconquistar os clientes estrangeiros para só então aumentar o volume exportado. Boa parte do sal que já deixa o Rio Grande do Norte vai para África, Europa ou países da América, como Estados Unidos e Canadá. Além de ir parar na mesa dos compradores, o sal marinho produzido pelo RN é usado na indústria química e no degelo de estradas de países com inverno rigoroso.

Fonte:  www.tribunadonorte.com.br

Câmara aprova celeridade em julgamentos de crimes contra idosos



O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou o Projeto de Lei 6240/05 da deputada federal Sandra Rosado (PSB-RN) que altera o Estatuto do Idoso com aplicação do rito sumaríssimo. A proposta prevê celeridade em julgamento de crimes tipificados contra o idoso e evita o uso de medidas alternativas em substituição às penas de até 4 anos de restrição de liberdade.

A proposta segue agora para apreciação do Senado Federal prevê alteração no rito de apreciação casos de abandono de idoso; maus-tratos com lesão corporal grave; apropriação indébita de proventos, pensão ou renda do idoso; exibição de informações ou imagens depreciativas ou injuriosas ao idoso; indução do idoso sem discernimento à assinatura de procuração para administração de bens; e lavratura de ato notarial que envolva idoso sem discernimento e sem representação legal.

Sendo assim, a parlamentar esclarece que a ideia não é ampliar o conceito de crimes de menor potencial ofensivo, mas sim o de permitir a celeridade processual nos crimes praticados contra idosos. “O idoso não poderá ficar aguardando, para ver uma punição por parte do Estado, para quem contra ele atenta, o prazo de um processo ordinário. Isto seria injusto, aliás mais do que injusto, desumano”, disse Sandra Rosado.

A Comissão de Enfrentamento ao Crack foi proposta pelas frentes parlamentares da Juventude e de Enfrentamento ao Crack, receberá subsídios do trabalho realizado por uma comissão externa criada pela Comissão de Seguridade Social e Família no ano passado. "O avanço do crack preocupa o Rio Grande do Norte. Famílias pedem socorro e nós temos que trabalhar em regime de urgência", diz a deputada que participou de todas essas ações na Câmara dos Deputados.

Desvios de água em adutoras provocam prejuízo de R$ 10 milhões


 
Os dutos são danificados para retirada de água para irrigação




Nos últimos oito meses, os desvios de água registrados no sistema adutor do Estado geraram um prejuízo estimado em R$ 10 milhões para a Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern).

A TRIBUNA DO NORTE fez o cálculo: se for levado em conta a tarifa mais cara cobrada pela companhia – R$ 2,40 por cada mil litros de água – o volume roubado ultrapassa a marca de quatro bilhões de litros de água, mesma quantidade consumida por toda população natalense em 20 dias.


Por causa dos desvios, a oferta de água foi reduzida a menos da metade em alguns municípios. O Ministério Público Estadual (MPE) e a Polícia Militar auxiliam a Caern no combate ao crime e algumas prisões já foram efetuadas.

De acordo com o presidente da Caern, Yuri Tasso, os chamados “gatos” ocorrem em todas as adutoras que abastecem o Estado, com destaque nas adutoras Monsenhor Expedito e Sertão Central Cabugi. Em apenas um único caso, o prejuízo da Caern foi de R$ 100 mil. “O proprietário de uma fazenda fez esse desvio. O prejuízo não é apenas para a Caern. Quem perde mesmo é a população que fica prejudicada com o abastecimento”, ressaltou.

Muitos proprietários rurais danificam os equipamentos dos sistemas de abastecimento para retirar água potável para atividades como irrigação ou para encher reservatórios privados. Não há números oficiais. A Caern não soube informar quantos desvios já foram detectados desde que uma fiscalização mais rigorosa foi iniciada, há oito meses.


terça-feira, 26 de março de 2013

Prefeita de Mossoró e empresários debatem crise provocada pela Petrobrás




Prefeita Cláudia Regina tem reunião com empresários 



A prefeita Cláudia Regina (DEM) se reuniu na manhã de hoje (26) com uma comissão de representantes de segmentos da economia local, para discutir o momento delicado devido a falta de investimento da Petrobras.

Como se sabe, a economia sente as consequências do fechamento de empresas da área do petróleo, que vem provocando o desemprego em massa. Só entre os meses de novembro de 2012 e fevereiro de 2013, mais de 1.100 trabalhadores foram demitidos.

O grupo de empresários apresentou a preocupação, pediu o apoio da Prefeitura, e também apresentou possibilidades de investimentos com a atração de grandes empresas para a cidade. A prefeita Cláudia colocou-se a disposição.

Estavam presentes os dirigentes da Redepetro, representantes do Banco do Nordeste, as diretorias dos Sindicatos da Construção Civil e do Hotéis, Bares e Restaurantes, entre outros.

Fuga de pregos em Cadeia Pública de Mossoró que teve pedido de interdição na semana passada


Nove presos fugiram ontem à tarde da Cadeia Pública de Mossoró. O problema já vinha sendo anunciado havia vários meses. Ironicamente, a fuga ocorreu uma semana após a decisão que determinou a interdição daquela unidade prisional, justamente por falta de condições.

Entre os fugitivos, segundo o comandante do II Batalhão de Polícia Militar, tenente coronel PM Alvibá Gomes, estão Emerson e Luizinho, que estão presos por ter matado o agente penitenciário federal Lucas Barbosa, e também Ranielly Azevedo, um dos envolvimentos na execução do presidente do PT do município da Serra do Mel, Edinaldo Filgueira.

No caso de Emerson e Luizinho, os mesmos fugiram antes mesmo da Polícia apresenta-los como assassinos do agente penitenciários federal Lucas Barbosa. O caso ainda requer algumas diligências, que estão sendo realizadas pela polícia, daí o caso não foi apresentado a mídia como se faz em todos casos de grande repercussão.

Há um ano, a cadeia foi vistoriada e uma série de problemas gravíssimos foi detectada. A falta de segurança era uma delas, confirmada após mais essa fuga. Um único agente é responsável pela guarda de aproximadamente 50 presos.

Fonte:  www.defato.com

Justiça Federal de Mossoró condena delegado da PF Adauto Gomes


A Justiça Federal em Mossoró condenou o delegado da Polícia Federal Adauto Gomes da Silva Júnior a sete anos e seis meses de reclusão, em regime inicialmente fechado, e multa de mais de 100 salários mínimos vigentes em março de 2010, por vazar informações confidenciais sobre a “Operação Serra Negra”. A decisão judicial resultou de uma ação penal movida pelo Ministério Público Federal no Rio Grande do Norte (MPF/RN).

O réu, que poderá recorrer em liberdade, foi denunciado pelo MPF por violação do sigilo funcional e colaboração com o tráfico de drogas. No dia 15 de março de 2010, às 16h51, Adauto Júnior informou Karla Micaelly Fernandes da Silva, através de um telefonema, sobre a realização da “Operação Serra Negra”, que ainda seria deflagrada pela Polícia Federal de Mossoró e que tinha como objetivo desbaratar uma quadrilha de traficantes de drogas da região.

Cinco minutos depois, Karla Micaelly repassou a informação ao investigado Ikaro Mikael da Silva Jácome, que era um dos principais alvos da operação. No telefonema, ela disse que teria recebido as informações de um “amigo”, revelando que a polícia iria fazer “um raio x em tudo”. Através da quebra do sigilo telefônico de Karla Micaelly, a própria PF descobriu que o “amigo” tratava-se do delegado Adauto Júnior.

Ele se encontrava em Mossoró, em 15 de março de 2010, apenas para uma investigação eleitoral, mas foi até o Núcleo de Operações de Inteligência Policial da PF na cidade, tendo feito perguntas sobre Ikaro Jácome e tomado conhecimento de que o criminoso era um dos alvos da “Operação Serra Negra”. Em depoimento, Karlla Micaelly admitiu ter sido avisada por Adauto Júnior da operação e ter conversado com Ikaro Michael logo após, orientado-o a se desfazer do chip do telefone.

Policiais federais e o delegado responsável pela “Serra Negra” confirmaram que a conduta do réu provocou prejuízos à operação. O investigado Ikaro Jácome passou a utilizar outros números de telefone, diminuindo a quantidade de conversas mantidas com seus sócios no tráfico, dificultando as investigações. A “Serra Negra”, inicialmente prevista para durar seis meses, levou um ano e oito meses.

A sentença considera o “conjunto probatório favorável à condenação pelo crime de violação de 'sigilo funcional' e de informante de quadrilha destinada à prática de crime de tráfico de drogas” e acrescentou que a autoria e materialidade foram comprovadas. A denúncia do MPF havia sido recebida pela Justiça em 16 de dezembro de 2011, desde então Adauto Júnior estava afastado do cargo de delegado da Polícia Federal.

A decisão judicial prevê ainda perda do cargo, após o trânsito em julgado, e estipula 326 dias-multa, cada um fixado em 1/3 do salário-mínimo vigente em março de 2010. A ação penal tramita na 10ª Vara da Justiça Federal, em Mossoró, sob o número 0001791-59.2011.4.05.8401.

Fonte: Procuradoria da República no RN

Continua a pancadaria do PMDB no governo Rosalba




Deputado Nelter Queiroz volta a criticar o governo Rosalba 

O deputado Nelter Queiroz (PMDB) voltou a cobrar do governo do Estado providências para minimizar os prejuízos com a seca e criticou a publicidade institucional num ano de muitas dificuldades financeiras para o produtor rural.

“Se o Estado tivesse num bom momento, se, por exemplo, todos os poços tubulares estivessem instalados e funcionando, tudo bem. Mas não é o momento oportuno para fazer publicidade. A melhor propaganda é a boca do povo, com obras”, disse o parlamentar.
Nelter Queiroz sugeriu que o governo do RN se espelhasse no vizinho Estado da Paraíba, que está distribuindo ração para salvar o rebanho e disse ser a favor da propaganda governamental caso seja usada numa campanha educativa para o racionamento da água.
O parlamentar sugeriu que o governo firme convênios para melhorar a situação dos produtores: “O governo pode firmar convênio com a Federação da Agricultura, dos Trabalhadores e que concretize a perfuração de poços”, disse.

Fonte: Site da Assembléia Legislativa 

Ministério Público vai recorrer sobre redução de pena de Carla Ubarana e George Leal

Nota do Ministério Publico sobre pena de Carla Ubarana e George Leal, anuncia posição do órgão:

O MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE, através da Promotoria de Justiça de Defesa do Patrimônio Público da Comarca de Natal, em virtude da publicação da sentença condenatória referente a Operação Judas, na data desta terça-feira, 26/03/2013, vem prestar os esclarecimentos que se fazem necessários:
1) A referida sentença condenatória consistiu em uma resposta digna e altiva do Poder Judiciário aos delitos praticados no âmbito da Divisão de Precatórios do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte;
2) O Ministério Público, no curso das investigações, celebrou acordo de delação premiada com os réus Carla Ubarana e George Leal, pelo qual se obrigou a postular os benefícios previstos em lei para quem desvenda a prática do crime em todas as suas circunstâncias, identifica os agentes que praticaram o crime e restitui os bens ilicitamente auferidos;
3) Com base neste acordo, requereu em alegações finais da Ação Penal em apreço a redução da pena em favor do casal no patamar de 2/3 (dois terços). No entanto, a sentença condenatória, admitindo a colaboração dos réus, fez incidir a redução da pena em 1/3 (um terço);
4) Subsiste, neste momento, a obrigação profissional e ética do Ministério Público em prestigiar o instituto da delação premiada, reconhecendo a efetiva, decisiva e relevante contribuição do casal para a elucidação do crime e identificação dos agentes públicos que se situavam acima dos réus na escala hierárquica da empreitada criminosa;
5) Nesse sentido, informa que pretende recorrer da sentença, mediante apelação criminal, para vindicar a redução de 2/3 (dois terços) da pena imposta a Carla Ubarana e George Leal, conforme já havia requerido em alegações finais;
6) Antes disso, o Ministério Público interporá o recurso de embargos de declaração para que conste na sentença o valor mínimo de reparação do dano, pois, embora a sentença tenha mencionado esse valor nos seus fundamentos, faltou constar no dispositivo sentencial.


PROMOTORIA DE JUSTIÇA DE DEFESA DO PATRIMÔNIO PÚBLICO

Especial sobre a Porcellanati Revestimentos no Correio da Tarde


Por:  Karla Viegas
De Tubarão/SC

A direção da Porcellanati Revestimentos Cerâmicos, com sua matriz localizada, em Tubarão (SC), apresentará uma série de ações que a empresa irá empreender, inclusive, em sua filial, instalada no Distrito Industrial de Mossoró/RN.


Nesta quarta-feira, 27, o jornal Correio da Tarde, apresentará a terceira de uma série de matérias especiais, sobre o grupo.

A série especial sobre a Porcellanati Revistimentos Cerâmicos é produzida pela jornalista Karla Viegas, que se encontra em Tubarão (SC), onde funciona a matriz do conglomerado.

Nesta quarta-feira, Karla Viegas entrevista o diretor presidente, Gilmar Rabaioli, que ressalta o potencial econômico do Rio Grande do Norte. 

Câmara Municipal aprova mudança em data de comemoração de emancipação política de Mossoró



A Câmara Municipal de Mossoró aprovou na sessão de ontem, 26, o Projeto de Lei de autoria do vereador Genivan Vale (PR), que corrige a data de emancipação política do município de Mossoró.

Segundo os historiadores, inclusive Luís da Câmara Cascudo, Mossoró desligou-se oficialmente do município de Assú, com o título de Vila de Mossoró no dia 15 de Março de 1852. No entanto, até então, era atribuída a data de 9 de Novembro como data da emancipação política, por ter sido nesta data que Mossoró foi elevada à condição de cidade.

O Projeto de Lei segue agora para o Executivo, para ser sancionado pela prefeita Cláudia Regina (DEM).

Expofruit 2013


O lançamento da 16º edição da Feira Internacional da Fruticultura Irrigada - Expofruit acontece no dia 04 de abril, no Sebrae – Mossoró, às 18h. Mas mesmo antes do lançamento os organizadores já comemoram a venda de mais de 40% dos estandes. A Expofruit 2013 acontece de 10 a 12 de julho, na Ufersa/Mossoró.

Durante o lançamento será dado o pontapé inicial para a realização de mais uma edição da feira, que ocorre desde 1993, com a apresentação da campanha publicitária que terá como tema “Exposição os Doces Sabores do Brasil” e com a realização de uma palestra com o deputado federal Betinho Rosado que vai tratar sobre "Fruticultura e suas Perspectivas".

Para esta edição os organizadores da Expofruit estão procurando, como em todo ano, inovar e buscar novas tecnologias, produtos e serviços para a fruticultura. “Estamos definindo um novo formato para a feira que vai trazer informações mais direcionadas para o produtor potiguar com uma atenção especial para os que se enquadram na agricultura familiar. Focando também o mercado interno. As rodadas de negócios também passarão por mudanças que ainda estão sendo definidas”, afirma Francisco Segundo de Paula, presidente do Comitê Executivo de Fruticultura do Rio Grande do Norte (COEX).

Confirmando os números das feiras anteriores, durante os três dias do evento deverão circular pelo local aproximadamente 30 mil pessoas e a previsão é se supere a média de R$ 50 milhões registrados em negócios nas feiras anteriores.

Estandes

Até o momento foram comercializados 40% dos estandes, dos 300 estandes distribuídos em um espaço de 15 mil m2, que compõe a estrutura da feira. Cada stand possui 12 m2 e está disponível por R$ 2.500. De acordo como responsável pela venda dos estandes, João Manoel, as vendas estão muito bem e está havendo uma procura de novas empresas que desejam expor seus produtos e serviços na feira. Os interessados em adquirir estandes devem entrar em contato pelos telefones (84)3312.6939/9963-0555 e 8812-6445.

A Expofruit 2013, a exemplo das edições anteriores, tem como objetivo o apoio ao setor frutícola potiguar, garantindo a participação de produtores de todo o estado em um evento que viabilize a comercialização da produção e promova novos negócios, inclusive exportações. A feira é realizada por meio de uma parceria entre o Comitê Executivo de Fruticultura do Rio Grande do Norte (COEX), o SEBRAE - Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Rio Grande do Norte, a Universidade Federal Rural do Semiárido - Ufersa.

II Ursap sedia primeiro Painel da Saúde no RN



Por:  Abdias Duque de Abrantes
OESTE – A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), por meio da II Unidade Regional de Saúde Pública (II Ursap) e Comissão Intergestores Regional (CIR), promoveu terceira-feira (26), no auditório da unidade, uma reunião para apresentação do Painel da Saúde. Participaram do evento secretários municipais de saúde de 28 municípios sendo 15 da 2ª região de saúde com sede em Mossoró e 15 municípios da 8ª região de saúde com sede em Açu.
                Presentes ao evento a coordenadora de Planejamento e Controle de Serviços de Saúde da Sesap, Terezinha Rêgo, a subcoordenadora de Vigilância Ambiental (SUVAM) Iraci Nestor, a coordenadora da Comissão Intergestores Regional (CIR) da 2ª Região de saúde e gerente da II Ursap, Iranilde Oliveira Campos, os prefeitos de Grossos, José Maurício Filho e de Areia Branca, Luana Pedrosa Bruno, secretária de saúde de Mossoró Jaqueline Amaral, gerente da VI Ursap/Pau dos Ferros, Temístocles Lucena, secretária de saúde de Caraúbas, Juliana Carlos, diretor do HRTM, Heider  Medeiros e demais autoridades.
    O tema principal da reunião foi a apresentação do "Painel da Saúde",  pioneiro no Rio Grande do Norte e teve como escopo promover o acolhimento dos novos gestores municipais de saúde, apresentar a equipe técnica da Sesap, expor os programas e sistemas de informações coordenados pela Ursap e, além disso, apresentar a Planificação da Ação Primária.
     Durante o evento, a coordenadora de Planejamento e Controle do Sistema de Saúde da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), Terezinha Rêgo, fez um retrospecto da implantação do Sistema Único de Saúde (SUS) e discorreu sobre a importância dos municípios trabalharem pactuados nas ações de saúde de interesse da coletividade. A coordenadora apontou, igualmente, a importância dos secretários municipais de saúde atuarem de forma planejada, sintonizados com a Lei Orçamentária de cada município
                Para a coordenadora da Comissão Intergestores Regional (CIR) da 2ª Região de Saúde e gerente da II Ursap, Iranilde Oliveira Campos o evento foi oportuno, uma vez que na 2ª Região de Saúde onze gestores de saúde foram substituídos e na 8ª Região 06 gestores de saúde foram substituídos. “A Comissão Intergestores Regional (CIR) é uma instância privilegiada de negociação, articulação e decisão quanto aos aspectos operacionais do SUS no âmbito da Região de Saúde", enfatizou.

                Segundo a avaliação dos gestores, o evento serviu como um mecanismo de aproximá-los, possibilitando a troca de experiências. Os próximos Painéis da Saúde acontecerão na cidade de  João Câmara, em 02 de abril e dia 04 de abril em Caicó.




Unimed promove Assembléia no VillaOeste


Por:  Daniely Marques
A Cooperativa de Trabalhos Médicos Unimed Mossoró realiza nessa terça-feira, dia 26, às 19h30, a Assembléia Geral Ordinária (AGO). O evento acontece no Hotel VillaOeste, e possui em sua pauta de discussão assuntos como a Prestação de Contas do Conselho de Administração; Destinação das Sobras ou Rateio das Perdas; Plano de Metas para o ano em curso; e escolha de delegados titulares e suplentes para representar a Unimed Mossoró.


Sandra Rosado tem proposta apreciada na Câmara Federal

Deputada Sandra Rosado


Por:  Katiane Azevedo

O Plenário da Câmara dos Deputados aprecia nesta tarde proposta da deputada federal Sandra Rosado (PSB-RN) que institui o rito sumaríssimo em processos de crimes contra idosos, caso sejam puníveis com pena privativa de liberdade de dois a quatro anos. A proposta que altera o Estatuto do Idoso é o item 4 da pauta da semana que engloba ações voltadas para o trânsito e segurança.

Entre os crimes que merecem rito sumaríssimo, de acordo com o proposto por Sandra Rosado, estão abandono de idoso; maus-tratos com lesão corporal grave; apropriação indébita de proventos, pensão ou renda do idoso; exibição de informações ou imagens depreciativas ou injuriosas ao idoso; indução do idoso sem discernimento à assinatura de procuração para administração de bens; e lavratura de ato notarial que envolva idoso sem discernimento e sem representação legal.

A deputada ressalta que, nos casos exemplificados, "a demora na aplicação do direito tem maior relevo, visto que a vítima é pessoa com idade igual ou superior a 60 anos". Ela acrescenta: “É importante considerar que o projeto atualiza a legislação e impede a confusão na interpretação do estatuto. Muitos estudiosos consideraram que o estatuto ampliava o conceito de "crime de menor potencial ofensivo"”, explica.

No estatuto, são sujeitos ao rito sumaríssimo os crimes com penas de dois anos ou menos. No entanto, pela lei dos juizados especiais cíveis e criminais (Lei 9099/95), o rito sumaríssimo se aplica aos crimes de menor potencial ofensivo (com pena de um ano ou menos).

Sandra Rosado diz também a redação proposta no PL 6240/05 deixa claro que o objetivo desse dispositivo não é ampliar o conceito de crimes de menor potencial ofensivo, mas sim o de permitir a celeridade processual nos crimes praticados contra idosos.

O projeto, que já foi aprovado pela Comissão de Constituição Justiça (CCJ) e Comissão de Seguridade Social e Família, se aprovado pelo Plenário da Câmara segue para apreciação do Senado.

Pedro Cordeiro considera improcedente pedido de cassação de mandatos de Cláudia Regina e Wellington Filho


O juiz da 34ª Zona Eleitoral de Mossoró, Pedro Cordeiro, considerou improcedente, a representação da coligação Frente Popular Mossoró Mais Feliz, que alegava conduta vedada a agente público e, por isso, pedia a cassação do registro e de diploma da prefeita de Mossoró, Cláudia Regina e do vice-prefeito, Wellington Filho.
A representação da coligação que apresentou a deputada estadual Larissa Rosado, PSB, como candidata a prefeito, nas eleições de 2012, também defendia aplicação de multa, o que, igualmente, foi considerado improcedente, por Pedro Cordeiro. 

A decisão de Pedro Cordeiro se refere ao processo de número 54839. A ação foi protocolada na 34ª Zona Eleitoral, tendo como advogado, Francisco Marcos Araújo e equipe de seu escritório. Ele representa a coligação Frente Popular Mossoró Mais Feliz. 

Na ação, Marcos Araújo e equipe arrolava o nome da então prefeita de Mossoró, Maria de Fátima Rosado Nogueira, que apoiou o nome de Cláudia Regina, candidata do mesmo partido, o DEM.

To os detalhes, no Correio da Tarde de hoje - www.correiodatarde.com.br

Atualizado às 12h55min


Garibaldi diz que em 2014 a vez é de Henrique

Por:  Neto Queiroz

Palanque cheio de estrelas

Domingo à noite, na Serra do Mel, presenças de Garibaldi Filho, Henrique Alves, Leonardo Nogueira, George Soares, Larissa Rosado, Gilson Moura, todos apoiando o candidato Fábio Bezerra (Fabinho) na eleição suplementar daquela cidade.



A vez é de Henrique

Durante a caminhada pelas ruas da Vila Brasília, na Serra do Mel, um aliado chega para o ministro Garibaldi Filho e pergunta: - E aí, ministro, volta para o Governo em 2014?  Resposta de Garibaldi: “Não, não, a vez agora é de Henrique”.

 Fonte:  Coluna Neto Queiroz - www.gazetadooeste.com.br

Começa venda de peixe da Prefeitura Municipal



A Prefeitura Municipal de Mossoró (PMM) inicia nesta terça-feira a venda de peixe para o período da Semana Santa. De acordo com a Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico e Ambiental, 12 pontos espalhados pela cidade estarão ofertando o produto a preços populares. O quilo do peixe será vendido a R$ 7,00.
Além dos 12 pontos de venda espalhados pela cidade, a secretaria vai montar pontos também na zona rural. Na quarta-feira, 27, será montado um ponto na comunidade Recanto Esperança e, no dia 28, o ponto de venda será instalado no Assentamento Maísa. “Os novos pontos, sobretudo, os da Zona Rural, surgiram após uma preocupação da prefeita Cláudia Regina, que determinou a ampliação das vendas para que um número maior de mossoroenses sejam atendidos”, repassou a secretária do Desenvolvimento Econômico e Ambiental, Isabel Montenegro.
O quilo do peixe será vendido a R$ 7,00. Cada pessoa poderá adquirir até 3 kg de peixe. De acordo com a secretária Izabel Montenegro, a expectativa é que sejam repassados 30 mil quilos de Corvina, distribuídos por até 10 mil pessoas.
CONFIRA OS PONTOS DE VENDA:
- Afim
- Mercado Central
- Cobal
- Alto São Manoel(próximo à Delegacia de Polícia)
- Abolição II (Centro comercial)
- Santa Delmira (Em frente à Unidade Básica de Saúde (UBS)
- Santo Antônio (Por trás do Supermercado Rebouças)
- Mercado do Bom Jardim
- Aeroporto (Em frente ao Aeroporto, Rua Felipe Camarão)
-Assentamento Recanto da Esperança (Dia 27/03) - atendendo às comunidades de Alagoinha, Senegal, Estreito, Lajedo, Oiticica e outros assentamentos próximos)
-Vila da Maisa (Dia 28/03) - atendendo aos assentamentos próximos.
-Conjunto Redenção (próximo ao Supermercado Rede 10).

Fonte:  Assessoria

Carla Ubarana e o marido George Leal são presos em Natal


A ex-chefe da Divisão de Precatórios do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, Carla Ubarana, e o marido, George Leal, foram presos na manhã desta terça-feira (26). Segundo informações preliminares, os dois foram detidos preventivamente por força da sentença expedida pela 7ª Vara Criminal, que condenou Carla Ubarana e George Leal a 10 e 7 anos de prisão, respectivamente.

A prisão ocorreu logo no início da manhã, quando oficiais de Justiça, acompanhados por policiais militares, foram até a residência do casal para cumprir o mandado. Os dois deixaram a casa e foram encaminhados até a Delegacia de Capturas, de onde seguirão para o Itep e serão submetidos aos exames de corpo de delito.

Carla Ubarana e George Leal são réus confessos no esquema investigado pela Operação Judas, que identificou fraudes na Divisão de Precatórios do TJRN. Carla Ubarana e George Leal tiveram direito à delação premiada e houve pedido para a redução da pena por parte do próprio Ministério Público.

segunda-feira, 25 de março de 2013

Acompanhe o programa Só Cristo Salva



Hoje é dia do programa Só Cristo Salva, que vai ao ar, de segunda a sexta-feira, das 20h às 21h e aos domingos, das 13h às 15h, com Carlos Skarlack e pastores e cantores da música gospel convidados. Acesse no www.difusoramossoro.com.br.

Brasil empata com Rússia em 1 a 1




fred Brasil x Rússia (Foto: Wander Roberto / Vipcomm)


Luiz Felipe Scolari encontrou seu salvador na Seleção. Após marcar contra Inglaterra (derrota de 2 a 1) e Itália (empate de 2 a 2), Fred evitou novo fracasso do Brasil em Londres nesta segunda-feira ao balançar a rede aos 44 do minutos do segundo tempo: 1 a 1 com a Rússia, no estádio Stamford Bridge, a casa do Chelsea.
Este foi o último jogo com a Seleção completa, contando com "estrangeiros", antes da convocação final da Copa das Confederações. O gol salvador marcado por Fred, no entanto, não apaga a péssima atuação do Brasil diante da Rússia, sensação das eliminatórias da Europa para a Copa do Mundo com 100% de aproveitamento.
Durante a maior parte do jogo, os russos foram superiores à seleção brasileira. Quando tinha bola, o time verde e amarelo quase não chutou a gol. Foram poucas as jogadas de perigo criadas pelos sul-americanos. Apesar do placar, talvez a partida desta segunda-feira tenha sido a pior sob o comando do novo técnico, que terá muito trabalho para montar o grupo para a Copa das Confederações.
Neymar, a principal esperança do Brasil para a Copa do Mundo de 2014, dessa vez não sofreu apenas com a antipatia já tradicional dos ingleses contra ele. Mas também dos brasileiros. Uma parte pequena da torcida verde e amarela chamou o atacante santista de pipoqueiro. Kaká, que tinha uma prova de fogo nesta noite, foi aplaudido e vaiado quando saiu. Hulk foi o melhor em campo do Brasil.
Antes de definir o grupo para a Copa das Confederações, a seleção brasileira tem apenas mais dois desafios. Ambos somente com jogadores que atuam no futebol nacional. No dia 6 de abril, o time encara a Bolívia, em Santa Cruz de la Sierra. E no dia 25 do mesmo mês, o desafio é com o Chile, no Mineirão, em Belo Horizonte.


Fred salva a Seleção nos minutos finais
Felipão deu mais um voto de confiança para o time que iniciou a partida e a seleção brasileira voltou para o segundo tempo sem alterações. Assim como a Rússia. O Brasil, no entanto, continuava com os mesmos problemas. Kaká e Oscar não conseguiam criar. Neymar e Fred apareciam pouco. E os erros persistiam.

As trocas de passes dos brasileiros pareciam inseguras. Sem convicção. Bem diferente dos russos, que quando tinham a bola conseguiam chegar rapidamente ao ataque. Mesmo que sem finalizar. Diante da dificuldade brasileira, Kaká resolveu acelerar o jogo. Mas o meia do Real Madrid não conseguia fazer a bola girar.
Faltava ao Brasil arriscar mais. Chutar mais. Felipão, no primeiro tempo, já havia cobrado mais finalizações. Mas a Seleção persistia no erro de tentar chegar mais perto do gol. Aos dez minutos, Kaká fez ótima jogada pelo meio e tabelou com Fred. Mas foi facilmente interceptado antes da conclusão.
Aos 13 minutos, o Brasil teve uma rara chance em cobrança de falta. Bem perigosa. Mas David Luiz acertou na barreira. E no rebote, mandou na zaga. O segundo bom chute da Seleção no jogo veio só aos 19 minutos. De perna direita, o lateral-esquerdo Marcelo tentou. Mas Gabulov defendeu.
Felipão fez a primeira alteração aos 22 minutos, quando colocou Hulk no lugar de Oscar. Ao entrar em campo, o atacante do Zenit foi vaiado. Aos poucos, a seleção brasileira tentava criar mais jogadas, mas os erros de passe eram fatais. Sem conseguir criar perigo, nada mais natural do que levar sufoco. E gol!
Aos 27 minutos, a Seleção sofreu um bombardeio russo. Kerzhakov finalizou, e Hernanes salvou. Na sequência, Shirokov bateu e Fernando, em cima da linha, evitou o gol. Mas a finalização de Fayzulin ninguém parou. Em chute forte, o meio de campo russo colocou o time europeu em vantagem: 1 a 0.
Se já estava difícil com o 0 a 0, a situação do Brasil ficou ainda mais difícil. Aos 40, Hulk pedalou pela esquerda da área e foi derrubado por Eschenko, que levou amarelo, quase em cima da linha. Mas a cobrança de falta de Hernanes foi muito ruim, direto para o gol, e passou por cima.
O gol salvador saiu aos 44. Marcelo iniciou a jogada pela esquerda, tabelou com Hulk, entrou na área e rolou para Fred, que tocou de primeira sem defesa para Gabulov. Três gols do atacante do Fluminense em três jogos com Felipão, que agora tem dois empates e uma derrota no comando da Seleção após seu retorno.

BRASIL 1 X 1 RÚSSIA
Brasil - Julio César, Daniel Alves, Thiago Silva, David Luiz e Marcelo; Fernando, Hernanes, Oscar (Hulk) e Kaká (Diego Costa); Neymar e Fred.

Rússia - Gabulov; Anyukov (Dmitri Kombarov), V. Berezutsky, Iganashevich e Eschenko; Shirokov, Glushakov, Fayzulin, Bystrov (Oleg Shatov); Kerzhakov e Kokorin (Zhirkov, depois Maxim Grigoriev)

Técnico: Luiz Felipe Scolari Técnico: Fabio Capello

Gols: Fayzulin, aos 27 do segundo tempo; Fred, aos 44 do segundo tempo

Cartões amarelos: Hernanes (Brasil), Eschenko (Rússia)

Local: Estádio Stamford Bridge, Londres. Público: 35.206 pessoas. Data: 25/3/2013.

Árbitro: Howard Webb (ING). Auxiliares: Darren Cann e Peter Kirkup (ING)


 

Eleições 2014 - Dilma na terra de Eduardo Campos



O governador de Pernambuco, Eduardo Campos, e a presidente Dilma participam da inauguração de uma adutora para combater os efeitos da seca na cidade pernambucana de Serra Talhada
Foto: Hans von Manteuffel / O Globo
Dilma Rousseff e Eduardo Campos - Foto:  O Globo


BRASÍLIA e SERRA TALHADA - A presidente Dilma Rousseff defendeu nesta segunda-feira a necessidade de se montar coalizões políticas para governar um país da complexidade do Brasil e, em cerimônia que teve a participação do governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), disse que os aliados têm de estar comprometidos com um projeto de nação.
Campos, que participou com Dilma da inauguração de uma adutora para combater os efeitos da seca na cidade pernambucana de Serra Talhada, é um aliado histórico do PT, mas tem se movimentado na direção de uma eventual candidatura à Presidência em 2014, quando Dilma buscará a reeleição.
— Vamos continuar sendo um dos países com menor taxa de desemprego. Vamos, sobretudo, cada vez mais, provar que o país só é forte e desenvolvido se tivermos a determinação e coragem de continuar por esse caminho. E esse caminho é o caminho deste país com tantas diferenças, deste país grande e democrático, deste país sem guerra, mas sobretudo dessa capacidade de construir democraticamente uma coalizão para dirigir este país. Nenhuma força politica sozinha é capaz de dirigir um país desta complexidade. Precisamos de parceiros. Precisamos que esses parceiros sejam comprometidos com esse caminho — disse Dilma durante a cerimônia.
VEJA TAMBÉM
Aécio considera extremamente positiva a candidatura de Eduardo Campos
Campos emprega primos no governo de Pernambuco
'Quero terminar a gestão Dilma como ministro', diz Padilha
De olho em 2014, Pezão tem agenda cheia para firmar imagem
Datafolha: Dilma lidera com 58% das intenções de voto para 2014
Em seu discurso, a presidente elogiou a parceria do governo federal com a administração de Campos no estado e citou vários investimentos federais em Pernambuco, como a duplicação de estradas e a refinaria da Petrobras em Abreu e Lima, que a presidente garantiu que será concluída.
- Pernambuco eu acho que é um novo Pernambuco nos últimos dez anos e, sem dúvida, o governador tem um grande papel nisso e o governo federal, tanto com Lula como na minha gestão, também tem - disse.
Dilma também exaltou em diversos momentos de sua fala seu antecessor, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, lembrando que ele é nordestino e pernambucano.
‘Não sou de prometer e não cumprir’
Em sua primeira visita a Pernambuco depois que o nome de Campos passou a aparecer como seu adversário na sucessão presidencial, Dilma fez questão de detalhar todos os investimentos que o governo federal vem destinando ao estado. Já Campos, em discurso ao lado da presidente, mencionou a importância da estabilização da economia no período em que o país foi governado pelo PSDB. O governador, por outro lado, também agradeceu as parcerias com as gestões petistas.
Entre os investimentos em Pernambuco, a presidente anunciou o início de novas obras hídricas, uma nova ferrovia e deu um aviso às mais de 3 mil pessoas que se comprimiam para vê-la:
- Não sou de prometer e não cumprir - disse, referindo-se a iniciativas com as quais afirmou que recuperará as perdas dos últimos dez anos que os sertanejos enfrentaram com a seca.
Junto com o governador, Dilma inaugurou em Serra Talhada o primeiro trecho da Adutora do Pajeú, que deixará 90 mil pessoas livres da dependência de carros-pipa. No discurso, ela disse que o Brasil tem hoje "outra cara" e não aquela feia de antes, da "miséria e da exclusão".
O governador Eduardo Campos, ao falar sobre os problemas causados pela seca, afirmou à presidente que a estabilização da economia foi importante para que o governo do ex-presidente Lula pudesse distribuir renda.
- Construímos fundamentos macroeconômicos importantes e, depois, com Lula, vimos essas condições fazer o governo chegar aonde não chegava antes - disse o pernambucano, que na semana passada se reuniu com o ex-governador José Serra (PSDB).
‘Guerra de faixas’
Em Serra talhada, o clima de disputa entre Dilma e o governador Eduardo já estava nas ruas. Nos muros, postes, em prédios e até na BR-232, a "guerra" foi visível em faixas padronizadas, confeccionadas por seguidores dos dois lados. O PSB mandou confeccionar 20 faixas. O prefeito de Serra Talhada, Luciano Duque (PT), não ficou atrás.
"Presidente Dilma, Serra Talhada sente-se honrada com sua visita. Aqui temos gratidão e lealdade ao seu governo", dizia uma faixa. Em outra, assinada pela Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe), o socialista foi saudado: "Obrigado, governador Eduardo Campos, pela criação do Fundo de Desenvolvimento municipal".
O fundo foi anunciado em fevereiro, logo após um encontro de Dilma com prefeitos de todo o país, inclusive do nordeste, que disseram ter saído frustrados da reunião com a presidente. A Amupe é presidida pelo prefeito José patriota, que é do PSB.
Às margens da BR-232, adolescentes seguravam faixas em defesa do governador. Eles teriam recebido R$ 20 pelo serviço. Na BR-232, uma equipe do “Jornal do Commercio”, que vinha para Serra Talhada, flagrou um carro de repartição oficial de Pernambuco distribuindo faixas pró-Campos.
Campos e Dilma participaram da cerimônia de inauguração de um trecho de 118 km da Adutora do Pajeú, projeto hídrico incluído no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), orçado em R$ 547 milhões. A previsão do governo é de entregar todo o projeto, que totaliza 598 km de tubulações, no final deste ano.
Dilma participará de missa no Rio
A demora no repasse de dinheiro para os municípios é outra reclamação frequente, e o governo poderá mandar os recursos diretamente paras as prefeituras. Desde abril do ano passado, o governo federal já liberou R$ 5,1 bilhões para ações emergenciais contra a seca.
De Serra Talhada, a presidente seguirá diretamente para o Rio, onde participará à tarde da missa em memória das vítimas das enchentes na Serra Fluminense, com governador Sérgio Cabral. Eles vão sobrevoar a região e depois terão uma reunião de trabalho.

Fonte:  www.oglobo.com

Novo diretor da Porcellanati anuncia novos investimentos em Mossoró


No novo diretor industrial da Porcelanatti, Marcos Alexandre Marcon, anunciou hoje, em Santana Catarina, que a empresa vai ampliar os investimentos, na unidade de produção de Mossoró/RN.

Confira no jornal Correio da Tarde, desta segunda-feira, 25, matéria exclusiva com a jornalista Karla Viegas, de Tubarão (SC).

Francisco José Júnior comandará debate sobre a sede em posse na Fecam

Vereador Francisco José Júnior assumirá comando da FECAM dia 13 com debate sobre a seca


Por:  Luziria Machado
Mossoró vai sediar uma discussão em nível estadual para encontrar soluções para o enfrentamento da seca no Estado do Rio Grande do Norte. A audiência pública está sendo promovida pela Federação das Câmaras Municipais do Rio Grande do Norte e irá reunir representantes das Câmaras Municipais filiadas à entidade, prefeitos, deputados estaduais e federais, entre eles, o presidente da Assembleia Legislativa, Ricardo Motta, e o presidente da Câmara Federal, Henrique Eduardo Alves, além da governadora Rosalba Ciarlini e o presidente do Tribunal de Contas do RN, Paulo Alves, que já confirmaram presença.

Em preparação para o evento, diversas Câmaras Municipais estão realizando audiências públicas em nível local com o objetivo de extrair um documento que será apresentado no evento, com as reivindicações e possíveis soluções a curto, médio e longo prazo para o enfrentamento da seca.

 O evento também irá marcar a posse da nova diretoria da FECAM, que tem à frente, o presidente da Câmara Municipal de Mossoró, vereador Francisco José Júnior, primeiro representante de uma Câmara do interior do Estado a presidir a entidade. O presidente convida a toda a população do Rio Grande do Norte a se fazer presente na audiência pública. “A seca não atinge apenas o homem do campo, mas tem consequência direta em toda a população do Rio Grande do Norte, sendo assim, ninguém pode ficar de fora. Precisamos unir forças para enfrentar esta seca, que é a mais grave dos últimos anos”, justificou Francisco José Júnior.

A audiência pública será realizada no dia 13 de abril, no Hotel Garbos, em Mossoró. O evento é gratuito e aberto ao público.

Casas de famílias cristãs são incendiadas no Paquistão




Multidão muçulmana incendeia 178 casas cristãs no PaquistãoMultidão muçulmana incendeia 178 casas cristãs no Paquistão


De acordo com o site Portas Abertas, 178 casas de famílias cristãs e 75 lojas foram incendiadas no dia 9 de março no Paquistão depois que mesquitas da cidade de Joseph Colony, área de Lahore, anunciaram em seus alto-falantes que era para matarem os blasfemos.
Uma multidão de fiéis islâmicos partiu então contra os cristãos que vivem naquela região, assustados eles tiveram que fugir da cidade.
Um dia antes o cristão Sava Masih teve sua propriedade invadida, saqueada e incendiada depois de ser acusado de fazer comentários depreciativos ao fundador do islamismo, o profeta Maomé.
A denúncia contra o cristão acabou resultando na onda de ataques que deixaram centenas de pessoas desabrigadas. Uma das vítimas, Aslam Masih, de 65 anos, fez um relato desesperador para um parceiro da Portas Abertas que atua no local dizendo que economizou muitos anos para fazer o casamento de suas duas filhas, marcados para o mês que vem, mas que depois desse ataque ele perdeu tudo e não tem nem sequer condições de alimentar a sua família.
Polícia foi acionada...

Mais detalhes no www.socristosalva.net

Ao lado de Garibaldi, Leonardo Nogueira e Larissa Rosado, Henrique volta a criticar Rosalba

Henrique em palanque, em Serra do Mel, ao lado de Leonardo e Larissa - Foto:  Aclassivan Soares


E não durou uma semana o clima de lua de mel entre a governadora Rosalba Ciarlini, DEM, e seu aliado, presidente da Câmara Federal, Henrique Eduardo Alves, PMDB.

No final de semana, em palanque no município de Serra do Mel, onde faz campanha para o aliado Fábio Bezerra – conhecido como Fabinho – filiado ao PMDB, que disputa a Prefeitura Municipal, Henrique voltou a criticar Rosalba.

O pivô da nova crítica de Henrique a Rosalba, foi uma estrada local. Criticando a governadora Rosalba Ciarlini, por não ter procurado a bancada federal para apresentar emendas federais para obra, o parlamentar assegurou que vai buscar recursos federais para a solução.

Em Serra do Mel, Henrique Alves, que estava ao lado do ministro Garibaldi Filho, também contou com as companhias dos deputados estaduais de Mossoró, Leonardo Nogueira, do DEM, e Larissa Rosado, do PSB.

Adversários políticos em Mossoró, Leonardo e Larissa acompanharam Henrique e Garibaldi.
Leonardo teve sua mulher, ex-prefeita Fafá Rosado, convidada a se filiar ao PMDB, enquanto Larissa teve seu nome lançado para composição de uma chapa majoritária, como vice-governador, em 2014.