terça-feira, 25 de março de 2014

Carlos Augusto Rosado recorre aos trabalhos do jurista Paulo de Tarso Fernandes

Paulo de Tarso em entrevista ao blog, em janeiro - Foto: Cláudio Roberto

O ex-chefe da Casa Civil, do Governo do Estado, Paulo de Tarso Fernandes, que pediu exoneração em solidariedade ao vice-governador, Robinson Faria, logo no início da gestão Rosalba Ciarlini, está acionado pelo marido da governadora, Carlos Augusto Rosado, para tentar solucionar problemas com o Poder Judiciário e o Ministério Público.

A revelação é feita pela blogueira Laurita Arruda, mulher do presidente da Câmara Federal, Henrique Eduardo Alves.

- Ao que se sabe, o Governo do RN convocou Paulo de Tarso Fernandes para resolver a questão com o Ministério Público e o judiciário. Já há a autorização para o repasse integral do duodécimo do MP, conforme sancionado. Na prática, o governo da Rosa volta a acionar o ex-super secretário, Paulo de Tarso, para chegar a um acordo a partir da transição do duodécimo; o governo toma tal decisão, ainda que deixe o secretário de Planejamento e Finanças, Obery Fernandes, com um humor, no mínimo, razoável - diz a notícia.



Nenhum comentário:

Postar um comentário