quarta-feira, 26 de março de 2014

Famílias do Santa Júlia deixam a Caixa Econômica Federal e irão desocupar o residencial

Vereador Tomaz Neto acompanha ocupantes do Santa Júlia na CEF - Fotos : iPad Skarlack



Cerca de 60 populares que ainda estão residindo no conjunto Santa Júlia e que tinham ocupado parte da Caixa Econômica Federal (CEF), no início do expediente deste quarta-feira, 26, já deixam a instituição.

De acordo com informação do gerente da instituição em nível local, Francisco Aldemir, o movimento foi ordeiro e não provocou nenhum prejuízo ao funcionamento da Caixa Econômica.

Com as presenças de equipes da Polícia Federal, sob o comando do delegado Madson e da Polícia Militar, sob a liderança do major Fagundes, Francisco Aldemir recebeu uma comissão composta por três representantes das famílias.

O gerente da CEF explicou que apresentou o sistema de funcionamento do programa Minha Casa, e como se deve proceder para conseguir uma residência.

Dessa forma, ele orientou a que cada uma das famílias que ocuparam o Santa Júlia, procurem a secretaria municipal responsável pelo cadastramento para que possem a concorrer a uma casa.

Ainda conforme Aldemir, a posição das famílias é de desocuparem pacificamente o conjunto até o dia 31.

O vereador Tomaz Neto, acompanhou os populares e disse que vai continuar defendendo as famílias perante em busca de uma solução.

Nenhum comentário:

Postar um comentário