sexta-feira, 28 de março de 2014

Henrique fala sobre o isolamento de Rosalba e lembra que o PT queria seu apoio há 30 dias e hoje o critica

20140328-171510.jpg

Ao discursar no ato em que foi apresentado como pré-candidato ao Governo do Estado, o deputado federal e presidente da Câmara Federal e do PMDB, Henrique Eduardo Alves, não evitou falar sobre o governo Rosalba Ciarlini e do PT.

Sobre a gestão Rosado, disse que não feria crítica pessoal ao nome da governadora, porém, lembrou:

- Não quero dizer uma palavra sequer contra a governadora Rosalba. Não votei nela, apoiei o seu governo para unir o PMDB. Rosalba não merecerá de mim uma crítica pessoa que seja. Mas seu governo não ouviu, não soube abrigar, o governo se isolou e a partir desta hora o governo se desencontrou. O Rio Grande do Norte não merece isso, é hora de se encontrar, hora de reerguer e nós faremos isso a partir de primeiro de janeiro de 2015.

Sobre críticas que tem recebido do PT, o parlamentar afirmou: “Li em um jornal críticas sobre mim. Agora quem me critica há 30 dias queria o meu apoio para a senadora deles. Não fui porque eles queriam parar no P e no T, disse que não queria parar nem no P e nem no T, queria ir até o V, de Vilma, de vitória”.

Fonte: www.tribunadonorte.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário