domingo, 30 de março de 2014

Prazer, reencontro, recordação, faltoso e o mico do churrasco de Thurbay

De churrasco.

Como domingo é dia do programa Só Cristo Salva, não tive como saborear toda a manta da “Friboi” preparada e, com esmero, pela dona Dorineide.

Porém, quero acusar – acusar é ótimo -, o prazer que foi reencontrar meu velho amigo, Thurbay.

Recordei da época do programa “O Fato Em Debate”, onde tive a honra que trabalhar e aprender, com o próprio Thurbay, o grande Evaristo Nogueira e o saudoso Every Costa.

Claro, "O Fato Em Dabete" com tudo pago pelo nosso ex-patrão Carlos Augusto Rosado, na época em que ele sonhava e articulava chegar onde está hoje, ao lado da esposa, a governadora do Estado, Rosalba Ciarlini.

Além da grande surpresa que foi reencontrar o grande Abel, das antigas nas oficinas da Gazeta do Oeste.

A hospitalidade?!

Bem: a mesma de sempre da dama, dona Dorineide. Vip!

O único senão: a ausência do amigo Berg Moura.

Aos cuiriosos de plantão, informe que fui proibido, terminantemente, por medida de segurança das autoridades presentes a não publicar nenhuma foto.

Afinal, o chic agora, é não permitir fotos em colunas sociais.

E, claro, um mico.

Observei que algumas damas chegavam para o churrasco com presentes de grifes internacionais.

Então, ficou subentendido que alguém estava mudando de idade.

Como não levei presente e, para evitar um mico presente, deixei para saber aqui: meu velho e bom
Thurbay quem é o aniversariante do dia, homem de Deus?

É que preciso mandar o presente!


Nenhum comentário:

Postar um comentário