segunda-feira, 28 de abril de 2014

TRE pode julgar recursos eleitorais de Larissa Rosado e Cláudia Regina e Francisco José Júnior nesta segunda-feira

A partir das 14h, as atenções político-partidárias de Mossoró, se voltam para o Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

É que os recursos eleitorais envolvendo os candidatos a prefeito de Mossoró, nas eleições municipais suplementares de 4 de maio, que tramitam na Corte, podem ser apreciados na sessão desta segunda-feira.

Podem entrar na pauta os recursos das candidatas a prefeito, Larissa Rosado, PSB e Cláudia Regina do DEM, que tentam reverter as decisões do juiz eleitoral de Mossoró, Herval Sampaio, contrarias aos registros das respectivas candidaturas.

De Cláudia Regina o juiz da 33ª Zona Eleitoral de Mossoró nem recebeu o pedido de registro de candidata e proibiu a mesma de fazer campanha, pelo fato de a mesma ter dado causa para a anulação do pleito de 2012.

O próprio TRE já avalizou a decisão de Herval e a ministra Laurita Vaz, do TSE, julgou um pedido de liminar para que Cláudia tivesse condição de realizar campanha, porém, a mesma devolveu o processo ao TRE.

Já Larissa Rosado teve indeferido o pedido de registro de candidatura, porém, como não teria dado causa para anulação do pleito de 2012, foi autorizada a fazer campanha "por conta e risco".

DEFERIDO - Ao mesmo tempo, também poderá na pauta do TRE o recurso da candidata Cláudia Regina, através de sua assessoria, que recorre da decisão do juiz Herval Sampaio, que deferiu a candidatura do prefeito e candidato, Francisco José Júnior.

Nenhum comentário:

Postar um comentário