sexta-feira, 2 de maio de 2014

Polícia Federal apreende centenas de panfletos que atacam Francisco José Júnior com filha do vereador Tomaz Neto

Foto: Confira a cópia do panfleto que denigre a imagem do candidato Francisco José Júnior, pela jovem Talize. Foram apreendidos centenas de exemplares.
Cópia de panfleto apreendido com a advogada Talize - Foto: iPad Skarlack
Agentes da Polícia Federal e que contaram com auxílio de uma equipe da Justiça Eleitoral apreenderam centenas de panfletos que denigrem a imagem do prefeito e candidato, Francisco José Júnior, PSD.

O material gráfico foi apreendido no interior de um carro tipo Honda Civic, de cor branca, de placas OKB - 4679, de Mossoró, que era dirigido por uma jovem, identificada por Taliza, filha do vereador Tomaz Neto, PDT.

O flagrante ocorreu no Bairro Belo Horizonte.

De acordo com informações repassadas na sede da Policia Federal, por volta de 1h, desta sexta-feira, 2, um policial militar que estava de folga e um amigo, abordaram a motorista do Honda Civic.

Desde o início da manhã, que a mesma e um grupo de pessoas estariam distribuindo um panfleto em que são apresentadas notícias que denigrem a imagem do candidato prefeito de Mossoró e candidato, Francisco José Júnior, PSD.

Ao ser abordada, Taliza teria tentado ir embora, porém, foi impedida.

A partir deste momento, foram acionados a Justiça Eleitoral e a Polícia Federal, além de assessores jurídicos das coligações Liderados Pelo Povo, do candidato Francisco José Júnior e da coligação Unidos Por Mossoró, da candidata Larissa Rosado.

Houve discussão entre os envolvidos e um segundo integrante da Polícia Militar teria chegado para liberar o carro de Taliza, o que não foi permitido.

Com a chegada da Justiça Eleitoral e da Polícia Federal ficou comprovado que o carro de Taliza continha o material gráfico contendo ataques ao prefeito.

Por isso, a proprietária do Honda Civic e demais envolvidos foram levados até a sede da Polícia Civil onde, até às 3h45 prestavam depoimentos.

Depois da oitiva seriam liberados para responde em liberdade.

Nesta sexta-feira, a previsão é de que a Polícia Civil encaminhe o inquérito policial para o juiz da 3ª Zona Eleitoral, Herval Sampaio Júnior.

Nenhum comentário:

Postar um comentário