quarta-feira, 4 de junho de 2014

Crianças aprendem como denunciar e combater a violência sexual





Por: Janaina Holanda
Dezenas de alunos da Escola Municipal Antônio da Graça Machado, situada no bairro Barrocas (zona norte) participaram ontem (3) das atividades realizadas pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), subseção de Mossoró, que visavam orientar e alertar sobre a violência sexual infanto-juvenil. Sem perceber, as crianças aprenderam a “dizer não” e que o Disque 100 é o número a ser usado para denunciar casos de violência sexual contra meninos e meninas. Os pais também participaram da manhã especial, com palestra que abordou a importância de estarem atentos ao problema.

De acordo com a vice-diretora da escola, Rita Nerijane, os alunos ficaram bastante empolgados quando souberam que haveria esse dia especial, que faz parte dos trabalhos realizados pela Comissão de Assistência à Criança, ao Adolescente e ao Idoso da OAB/Mossoró. “É bastante importante. Nós já temos um projeto que é o ‘Goleada de Cidadania’, que trata de diversos assuntos e essa atividade promovida pela OAB vem para reforçar esse trabalho que nós fazemos, de conscientização. A gente sabe que a informação é fundamental dentro desta problemática”, comenta.


A participação dos pais, que tiveram um momento especial, com exibição de documentário e palestra proferida pela advogada Ticiane Teixeira Torres, foi outro ponto de grande importância, na avaliação de Rita Nerijane. “Queremos conscientizar a sociedade, em especial os pais dos alunos, para que a sociedade entenda a gravidade da violência sexual contra crianças e adolescentes e que denuncie. Vivemos em uma comunidade carente em todos os sentidos e a falta de informação é um dos fatores que influenciam na ocorrência da violência infanto-juvenil”, explica.

Fonte Assessoria

Confira mais detalhes no Portal Difusora

Nenhum comentário:

Postar um comentário